Blog do ligeiro

Weverton participa de reunião com líderes governistas

weverton1

Congresso Nacional retomou as atividades nesta terça-feira, 2. Antes da
sessão solene que marcou, oficialmente, o início do ano legislativo,
líderes da base governista se reuniram, no Planalto, para tratar da
pauta. No encontro, que contou com a participação dos ministros Nelson
Barbosa (Fazenda), Jaques Wagner (Casa Civil) e Ricardo Berzoini
(Secretaria de Governo), foram discutidas a aprovação das matérias do
ajuste fiscal, como a recriação da CPMF e, ainda, a chamada DRU
(Desvinculação de Receitas da União), mecanismo que permite à União
mexer livremente em percentual das receitas que são vinculadas.

Na ocasião, o deputado Weverton defendeu a importância de esgotar a
pauta de 2015, para então seguir com temas importantes para o
desenvolvimento do país. “Temos que nos concentrar na pauta remanescente
de 2015, enfrentar a questão do impeachment, da saída do presidente da
Câmara, Eduardo Cunha, e das medidas já anunciadas pelo governo no ano
anterior, para, a partir daí, tratarmos de questões, como reforma
previdenciária ou reforma fiscal. Precisamos esgotar as questões antes
de enfrentar temas complicados como estes”, disse o líder pedetista.

Durante à tarde, o deputado Weverton Rocha participou da sessão
solene de abertura do ano legislativo, que contou com a presença da
presidente Dilma Rousseff. Em seu discurso, a presidente Dilma destacou a
necessidade de uma reforma tributária, como o retorno temporário da
CPMF, para o financiamento da previdência e da saúde, o combate ao
mosquito Aedes aegypti, além das Olimpíadas 2016 e de programas sociais,
como a terceira fase do “Minha Casa, Minha Vida”.

A petista pediu o apoio da sociedade e do Congresso para construir
consenso em torno das propostas tributárias. “Conto com o Congresso
Nacional para podermos, em parceria, estabelecer novas bases para o
desenvolvimento do país, sem retroceder nas conquistas”, disse a
presidente.

O deputado Weverton reforçou a necessidade da aprovação de medidas
para o reerguimento do Brasil. “A expectativa, é que neste ano haja
esforços redobrados para recuperar a economia do país”, disse.

Deixe uma resposta