Blog do ligeiro

Vice de Eduardo Braide sairá do PL ou PSDB

O deputado federal Eduardo Braide filiou-se, na última sexta-feira, ao Podemos, oportunidade na qual confirmou que será novamente candidato a prefeito de São Luís, em 2020.

O parlamentar disse que, a partir de agora, o objetivo é construir um grupo político/partidário forte, que dê ao seu projeto, em todos os sentidos, a sustentação necessária para concorrer.

Desde então, tornaram-se frequentes as especulações acerca do nome que comporá, na condição de candidato a vice-prefeito, a chapa encabeçada por Braide.

O editor do Blog já havia conversado com vários políticos – muitos deles ligados ao deputado – e todos foram unânimes ao afirmar que o vice de Braide sairá do PL ou do PSDB.

A primeira sigla é comandada no estado pelo deputado federal Josimar de Maranhãozinho, que também controla o Avante. Ambas são da base de apoio do governador Flávio Dino (PC do B).

Moral da BR” deseja candidatar-se à governador em 2022. E para isso, apostará alto nas eleições municipais do ano que vem. Pretende eleger aliados em municípios tidos por ele como estratégicos.

E a capital maranhense é um deles. Por isso, Josimar articula nos bastidores para emplacar um membro do seu partido como companheiro de chapa de Braide.

Já o tucanato maranhense é comandado pelo senador Roberto Rocha. Publicamente, o parlamentar sustenta a tese de que a legenda terá candidato próprio em São Luís.

O principal nome do partido é o deputado estadual Wellington do Curso que, apesar de posicionar-se razoavelmente bem nas pesquisas de intenção de voto, não conta com o apoio da cúpula tucana.

Por conta disso, Rocha, também nos bastidores, vislumbra uma composição com o Podemos.

Deixe uma resposta