Blog do ligeiro

“Se alguém contestar a escolha do Flávio estará fora do grupo”, sentencia Zé Reinaldo

Recém empossado no cargo de diretor de Relações Institucionais do Porto do Itaqui, o ex-governador José Reinaldo Tavares concedeu, nesta manhã, entrevista à TV Mirante, no quadro Bastidores, apresentado pelo jornalista Clóvis Cabalau.

Zé Reinaldo declarou apoio público a pré-candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) ao Governo do Estado, ano que vem, e deu suas impressões acerca do processo de escolha do candidato do campo governista, que será coordenado pelo próprio governador Flávio Dino (PC do B), pré-candidato ao Senado.

Para o ex-governador, Dino não deverá levar em consideração critérios para a escolha do nome, como melhor posicionamento em pesquisas qualitativas e quantitativas e arregimentação de apoios políticos e partidários.

“Esse é um jogo de poder. Não vai haver essa compreensão. Não tem conversa. Se alguém dentro do grupo contestar a escolha dele [Flávio Dino], estará fora do grupo”, afirmou.

Ao justificar seu apoio a Brandão, Zé Reinaldo lembrou projetos arcaicos de poder protagonizados por Vitorino Freire, José Sarney e Renan Calheiros.

“Flávio convidou Brandão para ser duas vezes seu vice. Na primeira, teve uma junção política. Mais na segunda foi escolha direta do governador. Isso mostra uma confiança no Brandão, que significa a continuidade do governo do Flávio. Ele é o melhor para dar sequência as ações do Flávio, que poderá ir para o Senado contanto com o apoio do Estado. Essa receita foi feita pelo Vitorino, Sarney e Renan. Você precisa ser um senador e ter o Estado. E o Brandão vai garantir isso a ele. Além disso, o Brandão vai coordenar a sucessão sentado na cadeira de governador. Ali é um poder enorme, muito forte politicamente e institucionalmente”, disse.

Ao afirmar que “quem contestar a escolha de Flávio estará fora do grupo”, Zé Reinaldo incorpora o pensamento retrógrado do próprio Carlos Brandão, que ano passado, na eleição para prefeito de São Luís, chamou de desertores políticos do grupo governista que optaram por outra candidatura em detrimento do nome do deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos), derrotado por Eduardo Braide (Podemos).

Clique Aqui e assista a entrevista.

Leia também: 

Dino confirma critérios que balizarão escolha do candidato que irá sucede-lo

Deixe uma resposta