Blog do ligeiro

Sai charuto, entra sorriso: campanha inaugura fase do Eurico Paz e Amor

Eurico Miranda (Foto: Facebook)Eurico abre sorriso em foto de de sua campanha para presidente do Vasco (Foto: Facebook)
“Como assim eles não querem voltar ao passado?” A pergunta vem da página no Facebook do candidato à presidência do Vasco Eurico Miranda. É com sorriso aberto em fotos de divulgação e fala mansa no vídeo exibido nesta segunda-feira que ele se lançou em definitivo na sua aposta para voltar ao poder do clube. Atual presidente do Conselho de Beneméritos, Eurico apareceu bem diferente no filme produzido pela agência que trabalha sua campanha. A mensagem nas redes sociais rendeu comentários e movimentou o dia na política vascaína. Favorito para vencer as eleições – ainda sem data definida – e suceder o presidente Roberto Dinamite, Eurico deve mostrar uma nova faceta nesse pleito. Fica um pouco de lado o homem explosivo, que fala alto e solta fumaça com seu charuto cubano. E chega o Eurico Paz e Amor, mais moderado, que usa a internet para falar com sócios do clube e divulgar suas propostas para presidir o Vasco.
Por trás dessa mudança em Eurico está uma empresa especializada em marketing político que atende a 10 partidos, mais um ministério do governo federal e outro controverso personagem: o ex-governador Garotinho – que, coincidentemente, também tenta retomar seu posto no Palácio Guanabara nas eleições deste ano. O jornalista Mario Marques, um dos diretores da empresa, no entanto, tem um motivo a mais para eleger Eurico. Vascaíno e admirador do ex-presidente do clube, ele define o trabalho que faz há um mês com o candidato à presidência do Vasco como um “projeto pessoal”. Até agora, ele afirma, não cobrou nada pelo serviço.
– Nem falei em nada de dinheiro até o momento com Eurico. Estou dando toda a estrutura da nossa empresa, dentro das limitações que temos, nesse projeto – diz Marques, que diz não ser ligado ao Casaca!, embora ressalte que tem um gerente da sua empresa que pertence ao grupo político de Eurico Miranda.
Eurico Miranda em retrato da oposição do Vasco para as eleições (Foto: Reprodução)Internautas fizeram montagem ironizando a “transformação” de Eurico (Foto: Reprodução)
A agência monitora redes sociais, cruza dados e acompanha os números que possam identificar carências que o torcedor cruz-maltino vê na gestão Dinamite – e esperam do próximo presidente do Vasco. Poucos dias depois do rebaixamento, um dado foi pincelado na internet e colocado no Facebook de Eurico: “Após o jogo contra o Atlético, 10.152 vascaínos escreveram em vários pontos da internet: ‘Com Eurico o Vasco não caía.’ São mensagens como esta que a campanha vai usar e abusar no contato com o eleitor do clube. A ideia é expor os feitos da era Eurico no clube, em títulos, em ganhos patrimoniais e até em brigas pelo Vasco. Sem, no entanto, esconder as polêmicas e muito menos deixar de responder aos opositores do ex-deputado federal.
– Eles (os adversários) vendem que a volta do Eurico é um retrocesso. Se comparar o Vasco de hoje ao da era Eurico, a diferença é muito grande. Em respeito, prestígio internacional, em título, em representatividade, em negociação com a TV. Como falar em retrocesso? Esse é o nosso conceito de campanha, um dos pilares. O Vasco que caiu para a segunda divisão duas vezes é o correto? Um Vasco que não tem voz, com São Januário arrasado? Vamos trabalhar com marketing de guerrilha, dando essas informações para o eleitor até o dia da campanha – explica o diretor executivo da agência de marketing político.
Eurico Miranda (Foto: Divulgação)Eurico Miranda agora é assíduo nas redes sociais. Ele busca a interação com possíveis eleitores (Foto: Divulgação)


Twittcam com Eurico
Para Marques, não há um novo Eurico, mas sim uma pessoa que, de fato, está mudada, mais calma e menos explosiva. Perto de completar 70 anos, o efeito é da idade e de um dirigente que se renova e adapta novos hábitos, como de acessar todos os dias o Facebook da sua campanha e checar e-mails – acrescenta o diretor da agência. 
No discurso mais recente, também é possível notar algumas mudanças. Se há alguns meses Eurico dizia que “já estava de volta ao Vasco” e que não precisava apresentar propostas porque o torcedor já o conhecia, agora ele convida, através do seu Facebook, o torcedor para conhecer o que pretende colocar em prática caso seja eleito para o próximo triênio em São Januário.
– Ele está mais moldado, sinto que se for eleito ele vai assumir o clube de outra maneira. Obviamente não vai perder a característica de brigador que é coisa dele, inerente a ele. Mas hoje é um cara que tem mais informações, que já sabe o que pode fazer, o que não pode mais fazer. Ele tem certeza absoluta de que as coisas mudaram e de que precisa se adaptar – garante Marques, que acrescenta as mudanças naturais no jeitão Eurico de ser.
– Ele está mais calmo, buscando o melhor dele, ouvindo mais, conversando, amparado por muitos jovens. Nós da agência estamos atuando como facilitadores dessa mudança.
Durante toda a campanha para voltar ao Vasco, Eurico vai conversar com eleitores, seja através de resposta aos comentários em sua página no Facebook, pelo Twitter e por um portal que será lançado ainda – no site, os torcedores vão poder colocar vídeos lembrando momentos do Vasco no tempo de Eurico Miranda. Também estão previstas reuniões pessoais de Eurico com associados e uma conferência em vídeo em que o ex-presidente vai responder a perguntas ao vivo. Para a foto de divulgação da sua campanha, a imagem de um Eurico sorridente como poucas vezes aparece, serve para desmitificar a cara mais fechada e sisuda do candidato.
Eurico Miranda (Foto: Facebook)A mensagem traz o mote da campanha do ex-deputado federal para voltar ao Vasco (Foto: Facebook)

– Produzimos essa foto na agência. Eurico é um cara muito engraçado e é muito bom quando o vemos sorrindo desse jeito, porque aí ele está relaxado. Normalmente sempre o vemos sério, estressado. E geralmente o estresse dele é sempre o Vasco – conta o jornalista.
Sócios e rivais
Com passagens pelas redações dos jornais O Globo e Jornal do Brasil, Mário Marques criou há três anos a agência de marketing político. O fato inusitado dessa campanha é que ele trabalha lado a lado com um amigo e rival no campo político vascaíno. Sérgio Pugliese, também vascaíno, sócio e diretor executivo da LabPop, trabalha a imagem do presidente Roberto Dinamite pela assessoria de imprensa da qual também é sócio.
– Eu não converso com ele sobre Eurico, e ele não fala comigo sobre Roberto – conta Marques, que não teme qualquer interferência nas eleições do clube da investigação que a comissão de sindicância faz sobre o processo de adesão em massa que ficou conhecido como “Mensalão” nos corredores de São Januário.
– A gente trata a eleição com a data que o estatuto manda. Final de julho eleições, agosto o novo presidente toma posse. Eurico é advogado, respeita o estatuto do Vasco, sempre respeitou e não acreditamos que vão antecipar a eleição, o que feriria o estatuto do clube.

Deixe uma resposta