Blog do ligeiro

Projeto de Lei que prevê empréstimo de R$ 30 milhões não diz ruas nem bairros que serão beneficiados em Ribamar

O polêmico e misterioso Projeto de Lei enviado pelo prefeito Dr. Julinho (PL) que autoriza a Prefeitura a contrair empréstimo e endividamento no valor de R$ 30 milhões de reais, é uma verdadeira pegadinha aos vereadores, que devem apreciar e votar o projeto na próxima semana, e também aos ribamarenses, maiores interessados na pauta.

Repetindo os erros dos ex-prefeitos Luís Fernando e Eudes Sampaio, que tentaram aprovar o mesmo projeto sem indicar e dar nenhum nome de rua ou bairro que receberão obras do referido empréstimo, Julinho, que garante ter controle sobre a maioria dos vereadores, pode cometer o primeiro grande erro da sua gestão.

Tendo à frente da Secretaria de Obras e da Secretaria de Recuperação e Manutenção da Malha Viária, dois profissionais que não conhecem 5% dos bairros ribamarenses, é notório que o empréstimo está sendo feito sem nenhum levantamento de quais ruas, quantos quilômetros e quais bairros serão beneficiados.

Estranhamente, Julinho quer primeiro aprovar o projeto e só depois falar como e onde pretende gastar.

Caso consiga a aprovação do projeto, um verdadeiro cheque em branco, todos os recursos poderão ser investidos na localidade onde o prefeito achar melhor, inclusive em bairros considerados da classe alta do município, onde estão amigos pessoais e empresários ligados aos novos gestores.

Enquanto isso, bairros como Vila Conceição, Jardim Tropical, Vila Jota Lima, Vila São Luís, entre outros bairros, podem ver os vereadores aprovarem um projeto que os deixaram de fora de ações da prefeitura.

Confira o projeto de lei aqui.

Deixe uma resposta