Blog do ligeiro

Prefeitura reforça parcerias com Hospital Universitário e debate ampliação de projetos

Reforçar parcerias e discutir estratégias para ampliação dos projetos conjuntos já existentes. Foi esse o objetivo do encontro realizado nesta terça-feira (1º) entre a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed): o governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), e o Hospital Universitário Presidente Dutra. A parceria entre as três instituições tem o objetivo de oferecer educação de qualidade e também de proporcionar bem-estar e qualidade de vida – diretrizes previstas na política do prefeito Edivaldo para a área da Educação.
12999_reuniao_hospital_universitario_010915_foto_fabriciocunha_132
A reunião contou com a presença do secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, e do reitor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Natalino Salgado. O secretário de Educação reforçou a importância da parceria. “O trabalho conjunto que mantemos com a Universidade Federal do Maranhão está entre as parcerias mais longevas e de mais sucesso já desenvolvidas na rede municipal. Temos avançado na alfabetização de jovens e adultos e proporcionado formação para professores e garantido condições melhores de aprendizado para nossas crianças”, destacou Geraldo Castro.
PROJETOS – A Prefeitura de São Luís desenvolve dois projetos na área da Educação em parceria com o Hospital Universitário. O projeto Consultórios Itinerantes, integrado às ações do Programa Saúde na Escola (PSE), garante a realização de consultas oftalmológicas para as crianças e adolescentes da rede municipal, através de um posto instalado no Campus da UFMA. Caso seja constatada a necessidade de lentes corretivas, o estudante recebe os óculos gratuitamente por meio do PSE – desenvolvido em São Luís por meio de uma articulação entre as secretarias de Educação (Semed) e Saúde (Semus).
Já o projeto ABC Nefro oferece oportunidade de alfabetização e avanço na escolaridade para adultos e idosos em tratamento de hemodiálise. Embora já existam em outros estados brasileiros classes hospitalares de crianças e adolescentes, a iniciativa é pioneira para a área de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Atualmente, a Prefeitura de São Luís atende a 27 alunos-pacientes, que assistem aulas durante as sessões de hemodiálise, em dias alternados.
“Temos muito interesse de ampliar o nosso atendimento nesses trabalhos, que possibilitam inclusão e impactam de maneira muito positiva a sociedade. Através das parcerias da Prefeitura de São Luís e do Governo do Estado poderemos ampliar o nosso atendimento e contribuir com o exercício da cidadania dessas pessoas”, afirmou o reitor Natalino Salgado.
Também estava presente a secretária adjunta de educação do Maranhão, Ilma Fátima de Jesus. Ela destacou que os dois projetos trabalham na perspectiva da universalização do acesso à educação, meta prevista nos planos Municipal, Estadual e Nacional de Educação. “Ninguém pode ficar de fora do atendimento educacional. O atendimento hospitalar conjugado com o acesso à educação possibilita a melhoria de condições de vida dos estudantes e proporciona, mesmo em condições difíceis, o acesso à escolarização”, disse Ilma.

Deixe uma resposta