Blog do ligeiro

Prefeitura entrega novos aparelhos para monitoramento de pacientes dos hospitais de urgência e emergência de São Luís

O Hospital da Criança e os Socorrões 1 e 2 foram beneficiados, na última semana, com o recebimento de um lote de 40 monitores multiparamétricos, aparelho utilizado para monitorar os sinais vitais do paciente em centros cirúrgicos. Os investimentos fazem parte do programa de reestruturação e melhoria da infraestrutura operacional da rede municipal de Saúde, desenvolvido pela Prefeitura de São Luís, em parceria com o Ministério da Saúde (MS).

“Estamos reforçando a capacidade operacional dos principais hospitais públicos da capital maranhense, como compromisso do prefeito Eduardo Braide de ofertar à população uma saúde melhor e mais preparada para atender as necessidades do cidadão. Em quase um ano e meio de gestão, conseguimos avançar na melhoria dos serviços em toda nossa rede de saúde”, destacou o secretário municipal de Saúde, Joel Nunes.

O monitor de sinais vitais multiparamétrico serve para indicar, em tempo real, os sinais vitais do paciente, possibilitando o acompanhamento e evolução do quadro clínico através de dados indicados na tela de vídeo. Em caso de condições fora da normalidade, o equipamento soa alarmes de advertência, alertando as equipes de profissionais de saúde para imediata intervenção, quando necessária.

Dos 40 monitores distribuídos entre os hospitais beneficiados, 10 foram destinados ao Hospital da Criança. “A chegada desses equipamentos vai permitir atender a grande demanda de pacientes em estado crítico que chegam ao hospital”, destaca a diretora geral da unidade, Luciane Duailibe. “Com mais monitores multiparamétricos disponíveis, teremos melhores condições de estabilizar o paciente e acompanhá-lo posteriormente”.

“É um equipamento fundamental para a rotina frenética de hospitais de urgência e emergência, como os Socorrões. Diariamente, atendemos a pacientes em estado grave ou potencialmente graves, o que exige uma atenção máxima dos seus sinais vitais, apontados no monitor multiparamétrico”, explica Ana Marques, diretora geral do Hospital municipal Djalma Marques (Socorrão 1), o maior e principal hospital público de Urgência e Emergência do Maranhão, que recebeu 15 novos monitores multiparamétricos.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) adotou o mesmo critério para destinar outros 15 monitores multiparamétricos para o Hospital Clementino Moura (Socorrão 2). “Havia uma carência desses monitores no Centro cirúrgico do Socorrão 2, em especial para a sala de recuperação pós-anestésica, ambiente em que o paciente deve ser mantido sob monitoramento contínuo após a cirurgia”, explica a fisioterapeuta Manuela Veiga Dias, diretora geral do Socorrão 2. “Dos 15 novos monitores paramétricos que recebemos, cinco serão instalados no Centro Cirúrgico, permitindo dessa forma um acompanhamento clínico mais seguro do paciente”, reforça.

 

Saiba mais

Os investimentos na rede municipal de saúde vêm sendo identificados desde o início da gestão Eduardo Braide. Ainda no passado, por exemplo, a Semus entregou 10 carrinhos de anestesia aos Socorrões 1 e 2 e ao Hospital da Mulher, o que possibilitaram mais celeridade na realização de procedimentos cirúrgicos no município de São Luís. No total, mais de R$ 1 milhão foram gastos na compra dos equipamentos, oriundos de Portaria do Ministério da Saúde.

Também no ano passado, a Semus entregou 250 leitos completos (cama, colchão, cabeceiras e grades laterais de proteção) aos dois Socorrões, que são demandados tanto por casos de urgência e emergência de São Luís, quanto do interior do estado. As unidades também receberam novos aparelhos de ultrassonografia.

Deixe uma resposta