Blog do ligeiro

Prefeitura de São Luís realiza programação alusiva ao Dia Mundial da Saúde 

 

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), elaborou uma programação especial para celebrar o Dia Mundial da Saúde – 7 de abril. As atividades tiveram início nesta terça-feira (6), com a live transmitida no perfil @semus.saoluis, com a participação do secretário Joel Nunes, que é médico, em que, na ocasião, abordou temas como sedentarismo, obesidade, doenças cardiovasculares, entre outros assuntos de saúde e bem-estar.

A programação on-line segue nesta quarta-feira (7), a partir das 9h, com nova live pelo mesmo canal. O tema será Alimentação Saudável e terá a participação da nutricionista e especialista em transtornos alimentares e obesidade, Morgana Mendonça.

Na quinta-feira (8), para fechar a programação interativa, será promovida aula virtual pública do programa “São Luís Saudável”, em parceria com a Secretaria Municipal de Desportos e Lazer (Semdel). A aula, que será ministrada pela professora Kamilla Cutrim, acontecerá no parque Bom Menino e será transmitida pelas redes da Semus.

Durante a live desta terça-feira (7), o secretário Joel Nunes alertou aos participantes que um terço das mortes do mundo são causadas por problemas cardiovasculares. “Além do fator genético, há as razões ligadas ao sedentarismo e obesidade, com má conduta alimentar. Soma-se a isso outras questões como pressão alta causada, principalmente, pela ingestão excessiva de determinados alimentos”, disse Joel Nunes.

Segundo o secretário, a mudança no estilo de vida das pessoas é fundamental para evitar doenças cardiovasculares e outras, como diabetes. O gestor ressaltou que este público está mais suscetível a quadros graves da Covid-19. “Quando aparecerem os sintomas, é sempre importante procurar uma ajuda especializada. O ideal é orientar a pessoa e, no caso desta pessoa ter o coronavírus, cuidar para que esteja corretamente isolada”, disse o titular da Semus.

O gestor falou ainda sobre o uso de medicamentos para o tratamento da Covid-19. “Nós não temos medicamentos específicos para a doença, o que temos é um suporte medicamentoso para sintomas que possam aparecer. Não há comprovação científica para determinados medicamentos”, afirmou o titular da Semus.

O secretário Joel Nunes destacou a importância da atividade física, marca do projeto “Mexa-se”, promovido pela pasta e que visa conscientizar a população, por meio de campanhas alusivas e atividades específicas, acerca da importância da atividade física e da implantação de boas práticas alimentares. “A atividade física é um complemento a um quadro de proteção imunológica considerado fundamental”, afirmou.

A live, exibida na página oficial da Semus no Instagram (@semus.saoluis) foi conduzida pela jornalista Luíza Lina, que integra o quadro da Assessoria de Comunicação da pasta e contou com a participação de diversos seguidores, que encaminharam perguntas sobre o tema.

 

Vacina

Sobre cuidados no recebimento de vacina para pessoas com doenças cardiovasculares, o secretário de Saúde de São Luís ressaltou que este perfil de público é considerado prioritário para a aplicação do imunizante.

“Ter comorbidades não representa contraindicação para o recebimento da vacina. Há ainda uma triagem antes da vacinação, com informações da pessoa que recebe as doses, acerca de doenças pré-existentes e outras informações”, salientou o gestor.

O gestor também falou sobre o desafio de controle da Covid-19. “São Luís tem um prefeito obstinado e compromissado. Os esforços são diários, estamos no meio desta situação cuidando do recebimento das doses, mas não nos esquecemos de outras questões, como a atenção básica que é preciso ter a assistência ampliada, e outras situações. Estamos trabalhando para dar uma saúde ainda melhor para a população”, disse.

Deixe uma resposta