Blog do ligeiro

Prefeitos confirmam que foram avisados da substituição de Luís Fernando por João Abreu


Por mais que a mídia financiada pelo Palácio dos Leões tente abafar a crise que ronda os bastidores da oligarquia Sarney, por conta do pífio desempenho nas pesquisas de opinião pública do secretário de Infraestrutura e pré-candidato ao governo, Luís Fernando Silva, a cada dia fica mais evidente a fragilidade do ex-prefeito de São José de Ribamar. Mesmo montado na máquina governamental, utilizando assinaturas de convênios com prefeituras no interior do Maranhão como antecipação de campanha e autorizando obras como se governador fosse não consegue atingir o patamar de 20 por cento de intenção de votos e pode cair.
João Abreu, embora negue, telefonou sim para prefeitos no interior do Maranhão se

apresentando como candidato do grupo Sarney e anunciando a retirada de Luís Fernando do páreo. Na noite de quarta-feira (25) recebi um telefone no qual o interlocutor (me reservo o direito de preservar a fonte) me informava que o secretário Chefe da Casa Civil, João Abreu, estaria ligando para prefeitos e anunciando que ele e não mais Luís Fernando seria o candidato ao governo pelo grupo Sarney. Afirmava que Fernando não havia cumprido a meta estabelecida e que, por este motivo, estaria sendo afastado do processo sucessório.

Como estava curtindo o período natalino bem longe do computador, optei por aguardar o dia seguinte, mas como notícia não se guarda para depois, o amigo Raimundo Garrone, que também foi alertado sobre a suposta mudança de candidato do Palácio dos Leões para as eleições 2014, publicou a informação, gerando ainda mais mal estar no grupo Sarney. Embora João Abreu tenha se apressado em negar, o fato é que alguns prefeitos receberam telefonema dele já se apresentando como candidato ao governo. Vários prefeitos contatados por ele confirmaram a informação postada por Garrone.
É fato que Luís Fernando não consegue se firmar como liderança estadual e isso incomoda o grupo de amigos da governadora, que teme perder a eleição logo no primeiro turno para Flávio Dino, o favorito em todas as pesquisas de opinião pública. Os políticos mais chegados a Roseana acreditam que falta ao pré-candidato identidade com o povo. “Ninguém o conhece no interior do Maranhão e todas as vezes que vai aos municípios passa para a população a sensação de antipatia e arrogância”, observou a fonte.
Ao contrário do que tenta passar a mídia sarneista, a candidatura de Luís Fernando subiu no telhado e só ainda não caiu porque o grupo anda carente de liderança em condições de enfrentar o presidente da Embratur, Flávio Dino.

Deixe uma resposta