Blog do ligeiro

Prefeito terá de reverter fuga de aliados na Câmara


Prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior
O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), precisa urgentemente reverter o quadro desfavorável de deserção de vereadores que vem ocorrendo na base aliada na Câmara Municipal. O pano de fundo é a falta de diálogo do gestor com os 31 parlamentares que compõem o Legislativo da capital maranhense.
Reportagem desta segunda-feira, 29, do jornal O Estado, assinada pelo jornalista Ronaldo Rocha, revela que uma boa parcela de vereadores tem reclamado da “dificuldade em manter diálogo com o prefeito de São Luís”, entre eles destacam-se os edis Francisco Carvalho (PSL), vice-presidente da Câmara, e Francisco Chaguinhas (sem partido).
Outros vereadores que também não estariam mais rezando na cartilha do prefeito, destacam-se os parlamentares Honorato Fernandes (PT), ex-líder do governo municipal; Marlon Garcia (PTdoB), Manoel Rego (PTdoB) e Armando Costa (PSDC), que já cogitam a possibilidade de apoiar uma eventual pré-candidatura  do secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Bira do Pindaré (PSB), e da deputada federal Eliziane Gama (Rede) na corrida sucessória à Prefeitura de São Luís, nas eleições de outubro deste ano.
Há quem diga que o gestor municipal tenha se isolado politicamente, estando, portanto, na contramão de quem precisa ampliar cada vez mais apoios rumo à tão almejada reeleição.

Deixe uma resposta