Blog do ligeiro

Prefeito tarado poderá ser cassado nesta quinta-feira

Lei organica

Está marcada para amanhã (12), audiência na Câmara Municipal de Santa Inês, para decidir o afastamento definitivo de Ribamar Alves, uma vez, que o mesmo se encontra preso em Pedrinhas, sob acusação de estupro, Alves está sob a custódia da justiça desde o ultimo dia 29 de janeiro, por ter praticado sexo sem o consentimento da jovem Adna Nascimento, de 18 anos de idade.

Os vereadores do município se dividem acerca da perda do mandato do prefeito municipal, mesmo tendo a Lei Orgânica do Município garantindo o afastamento do gestor caso se ausente do município por prazo superior a (8 dias), em tempo, o prefeito está preso há exatos 14 dias. A Associação Comercial de Santa Inês, já protocolou no próprio legislativo municipal, pedido de afastamento e diversas entidades que compõem o Fórum Maranhense de Mulheres manifestaram pelo afastamento imediato de Ribamar Alves.

A Câmara Municipal de Santa Inês avaliará a perda do mandato como preconiza a legislação municipal. Caberá ao presidente da Casa, vereador Orlando Mendes (PDT), preservar a lei orgânica e levar ao plenário, o que deve acontecer a partir de amanhã, quando serão iniciados os trabalhos. Antes disso, quem poderia tomar alguma iniciativa seria a chamada Comissão Parlamentar de Recesso, mas não se sabe se ela foi montada no Legislativo santa-inesense.

Maioria é aliado: Como a maioria dos vereadores, até o momento, é aliada de Alves, nenhum parlamentar local se manifestou sobre o caso. O máximo que foi dito pelo presidente é que existe uma tolerância de 15 dias para que o prefeito retome as atividades, antes da Câmara agir, (Desconhecendo totalmente a lei orgânica), neste caso, eles dariam posse a ele, como prefeito, que convocaria o vice para assumir o comando municipal.

Atualmente, o município conta com 17 vereadores, a saber: AKSON (DEM), SOLANGE NERVAL (PMDB), IRMÃO MACHADO  (PRP), ANTONIO SILVA (PSC), ALDONIRO MUNIZ (PMDB), MADEIRA (DEM), DR. UCHÔA (PDT), CARLA SOUSA (PTB), SEBA (PTB), DR. TOMAZ (PHS), CREUSA DA CAIXA (PSL), ADEMARZINHO (PTB), OTACILIA RIOS (PT do B), PROFESSORA VERA (PSD), ENFERMEIRO VICTOR (PMN), BATISTA DE BINÉ (PSB) e ORLANDO MENDES (PDT).

Deixe uma resposta