Blog do ligeiro

Prefeito Miltinho Aragão fala dos seus Planos, sonhos e realizações de seu Governo.

O maior desafio foi tirar o município da inadimplência, uma cidade sem identidade, suja na praça, sem qualquer crédito, os principais serviços estavam por fazer: água, asfalto, urbanização, coisas básicas não existiam. Algumas lembranças, recebemos o município com 3,4 do IDEB, baixíssimo, nenhuma creche, nenhuma escola climatizada, nenhuma das 3 pontes sonhadas pela população (Piquí, Vai Quem Quer e Agamenon). A juventude era desassistida, sem qualquer oportunidade, desestimulada; onde a única saída era pegar um Ônibus do Curió ou do Adonias e ir pra São Paulo, para o trecho, não tinha sequer a oportunidade de fazer um curso profissionalizante. Então, foram muitos desafios, devolvemos o crédito do município para garantir os convênios; passamos dois anos só cuidando de papéis, perdendo tempo no primeiro mandato porque o ex-gestor deixou o município com todas as inadimplências possíveis, não sei se por incompetência ou por malvadeza.

Stuart JR: NA SUA OPNIÃO, QUAL É A MAIOR DIFICULDADE QUE UM PREFEITO ENFRENTA QUANDO ASSUME UMA PREFEITURA?

Depende. Se encontrar o Município como ora se encontra, fica fácil, só dar continuidade. Como eu encontrei no dia 01 de janeiro de 2013, o desafio é fazer uma reconstrução diante dos dados que acabei de mencionar, você tem que fazer tudo numa cidade que já havia décadas de existência, mas parecia que estava nascendo naquele dia, pois nada funcionava, tudo estava por fazer. Nenhuma infraestrutura, um município quase que acéfalo no sentido administrativo, sem nenhum patrimônio, sem veículos próprios, sem equipamentos básicos na secretaria de infraestrutura, nem mesmo um carro de mão. Um desafio muito grande, não foi fácil. Não tínhamos sequer um trator, hoje temos tudo, e tudo nosso, do povo, mudou muito. Uma frota própria chegando a 40 veículos. Seja na Agricultura, Educação, Assistência Social, Esporte, Cursos Profissionalizantes, Pré-Universitário… Portanto, foi um recomeço; a cidade com quase 50 anos de idade, mas começamos quase do zero, como se o município tivesse sendo emancipado naquele momento, quanto desafio. Só para lembrar, no segundo domingo de 2013 o fantástico exibiu uma matéria com os 10 municípios brasileiros em pior situação do pais, São Mateus estava entre os 10 piores. Essa foi a herança que o governo do passado deixou. Acho que não precisa dizer mais nada…

Stuart JR: QUANDO O SENHOR ASSUMIU A PREFEITURA, COMO ESTAVA A SITUAÇÃO DA INFRAESTRUTURA EM SÃO MATEUS?

No tocante a secretaria de infraestrutura, o que me entregaram oficialmente foi um alicate e uma chave turquesa, Rogério Garcia era o secretário, foi ele que recebeu a pasta, ele gostava de relembrar isso. Ele deu muita entrevista falando desta triste situação encontrada à época. A cidade estava entregue aos urubus, era um lixo só, quem não lembra? as fotos e vídeos como prova estão por toda rede social. Um desafio enorme que enfrentamos; diante de todas estas evidências, o responsável por todo este descaso ainda diz através da rede social que São Mateus vai voltar a ser feliz com ele. De duas uma, ou é deboche ou aposta que o povo não tem memória.

 

Stuart JR: COMO FOI O PROJETO SALANGÔ DURANTE O GOVERNO MILTINHO ARAGÃO?

O Projeto Salangô passou 20 anos no ostracismo, fizemos um encontro nacional para discutir a pauta com representantes do governo federal, estadual e municipal, trabalhadores, sindicatos, logo no terceiro mês do primeiro mandato       e a partir dali nasceu algo diferente. O Clóvis assumiu a pasta, motivamos os trabalhadores que a partir dali podia contar com o Município e os resultados vieram: São Mateus saiu de 3 mil hectáres plantadas em 2012, no governo passado, para 4,5 mil no ano seguinte, para 6mil no ano posterior, 9 mil, 10 mil, e esse ano batemos o recorde do recorde com 12 mil hectáres de arroz plantados, somos hoje o maior produtor de arroz do Estado. Então essa é a prova de que acreditar no agricultor e no potencial agrícola que o nosso município tem é a certeza que iremos continuar avançando para que São Mateus seja um centro de referência em produção de arroz no Estado e de outras culturas.   

Stuart JR: COMO O SENHOR AVALIA OS GOVERNOS FEDERAL E ESTADUAL?

Sempre tivemos uma parceria muito boa com os governos federal e estadual. eles contribuem muito para nossa gestão, não tenho do que reclamar, mas só de agradecer. Após limpar o nome do Município, foram quase dois anos para limpar, como eu ressaltei no início da entrevista, nós tínhamos 22 inadimplências, impossível celebrar um convênio, isso fez muito mal para toda cidade, por isso que o ex-gestor tinha dificuldade para trazer as obras. Com isso não podíamos antes conveniar com ninguém e assim melhorar a cidade com recursos externos. Considero a primeira grande obra que realizamos, limpar o nome do município por completo. A situação era gravíssima, muitas irregularidades. Com uma experiência acumulada de Procurador de diversos municípios, por certo, me ajudou a conduzir a esta missão, luta de 2 anos para poder colocar São Mateus nos trilhos e poder avançar. A partir disso, todos podem ver os diversos convênios com os governos federal e estadual, muitos investimentos recebidos que mudaram a cara da nossa cidade.

Stuart JR: CITE AS 5 PRINCIPAIS OBRAS DO GOVERNO MILTINHO ARAGÃO:

A primeira grande obra foi a que eu acabei de falar, a regularização por completo do CNPJ da prefeitura para recebermos convênios e diversos investimentos para a nossa cidade. posso enumerar dezenas de obras realizadas pela nossa gestão, mas como você quer apenas 5, vamos lá. Ponte do Piquí em concreto, iniciada e concluída pelo nosso governo, parceria com o Estado. Hospital em construção com 70% já pronto, obra já retomada depois de uma paralização diante da crise vivida pelo país e em muito breve inauguraremos nosso tão sonhado hospital; perdemos antes de já ter o nosso hospital para todas as cidades circunvizinhas, Alto Alegre, Matões e Peritoró só porque o gestor do passado não quis doar um terreno para o Estado construir á época, esta é uma realidade que todos sabem; vemos assim o nível de compromisso do prefeito anterior. Hoje, temos Asfalto por toda cidade, mais uma obra relevante que eu aponto, São Mateus era só lama e buraco. Fiz aproximadamente 50km de asfalto por todo município  nesses 7 anos e vou até o final deste mandato ainda fazer muito asfalto. Resgatamos a auto-estima da juventude,  1540 jovens Formados através de cursos pelo CVT, mecânico de motos, eletricista predial, inglês básico e avançado, operador de máquinas agrícolas, enfim, uma marca muito importante deste governo. Oportunidade para a juventude foi a palavra chave, para que ela pudesse crescer, brilhar. Temos 132 jovens nos bancos das faculdades, fazendo: medicina, direito, engenharia, pedagogia, odontologia e tantos outros cursos superior; essa é uma marca, uma conquista que transforma vidas, que transforma e repercute em toda esta cidade, além São Mateus, o curso pré-universitário mudará para todo o tempo os destinos de SÃO MATEUS E DOS SEUS FILHOS.

Stuart JR: O QUE O SENHOR FEZ MAIS PARA A JUVENTUDE SÃO-MATEUENSE?

Nós demos oportunidades aos jovens em todos os segmentos: na cultura, esporte, jogos escolares, escolinhas de futebol, secretaria da juventude ciência e tecnologia. Criamos até robótica nas escolas. Além disso, criamos recentemente a casa do estudante são-mateuense em São Luís para ajudar aqueles que têm menos condições de pagar uma casa na capital para continuar estudando. Você pediu 5 obras importantes, acho que já passou, mas poderia passar uma manhã ou tarde inteira falando, daria para enumerar uma quantidade muito grande, mas vou falar de mais uma significativa, água, não existia água nas casas das famílias de São Mateus. Estamos chegando a 40 sistemas de água, zona urbana e zona rural. Água no Alto da Vitória, água no Tânia Amorim, água no Airton Senna, água na Toca da Raposa, água na Vila Barreto, água na Morada Nova, água no São Benedito, água no Barro Preto, água no São Raimundo, água na Pedreirinha, água na Lagoinha… estes só alguns dos muitos exemplos, tem muito mais e ainda temos em construção diversos sistemas até o final do ano para inaugurar, cito as comunidades Estrela, Vai Quem Quer. Ora, um governo de antes que não teve o zelo de resolver sequer o básico, de matar a sede de quem precisava de água por toda São Mateus, imagino, com todo respeito, não pode merecer o respeito das pessoas, ainda de ousar falar que São Mateus vai voltar a ser feliz. Sem comentários.  

Stuart JR: Como foram esses últimos 6 meses de pandemia no município de São Mateus?

O município de São Mateus dentre os 217 do Maranhão provavelmente foi um dos que mais acertou. Logo de início, colocamos 2 médicos no espaço COVID, medicação e testagem a disposição. Com isso, passamos a ser exemplo como um dos municípios que saíram mais rápido da crise, ainda não estamos completamente livres desta traiçoeira doença, mas melhorou bastante. Parabenizo a secretária Lucélia e toda sua equipe, profissionais da saúde, todos, pela dedicação que ajudou a salvar vidas, arriscando suas próprias vidas, um belíssimo trabalho que merece os aplausos de todos nós.

Stuart JR: Quais seriam as palavras que definiria o seu governo?

Compromisso e determinação em realizar, em fazer para as pessoas. Um governo para toda a sociedade, que pensa nas crianças, nos jovens, nos idosos; nas mulheres, governo que investe na agricultura, educação e em cursos profissionalizantes e na urbanização da cidade. Governo de muitas obras. De ter um Prefeito comprometido e que aplica os recursos. Nós temos compromisso com a cidade, por isso que mesmo com todas as dificuldades este Município avançou. E quero ressaltar, todo secretariado é de São Mateus, isso pela primeira vez em toda sua história.

Stuart JR: Nas eleições 2020, como o senhor avalia os candidatos que irão concorrer ao seu cargo?

Tem vários pré candidatos ainda, uns 5 ou 6. Embora eu acredite que deva haver uma polarização como é conhecida na cidade entre o 40 e o 43. É uma reedição de uma eleição passada recente que mexeu com toda cidade, entre um governo que passou e o atual, os dois governos serão agora julgados pela população, o povo vai avaliar se volta ou se continua. São Mateus do passado ou do presente. Um pleito plebiscitário. As outras candidaturas, embora democráticas, legítimas, elas carecem de serem testadas para que possamos fazer um avaliação.

Stuart JR: Na sua opinião, qual será o maior desafio do seu sucessor se for eleito no pleito de novembro de 2020.

O maior desafio não será nem do sucessor, e sim da população que irá escolher. Se tiver um sucessor comprometido com este avanço e com essa pegada, apenas terá o trabalho de seguir o que está dando certo, time que tá dando certo não se mexe, assim nos ensinam os mais experientes. A dúvida e a obscuridade não é bom conselheiro.

Stuart JR: Quais são seus planos após o término do mandato?

Se continuar, óbvio que estarei por perto, ajudando, opinando, acompanhando, tendo a oportunidade de continuar contribuindo com nossa cidade. O destino de São Mateus será colocado a prova: se para ou continua, imagino que continuando eu estarei junto com o governo dia-a-dia aconselhando e dando minha contribuição pela continuidade do trabalho em nossa cidade. Colocando a minha experiência acumulada à disposição por uma São Mateus que ande para frente.

Deixe uma resposta