Blog do ligeiro

Prefeito Eduardo Braide entrega nova Unidade de Acolhimento Institucional Residência Inclusiva 

O prefeito Eduardo Braide entregou, nesta sexta-feira (10), a nova sede da Unidade de Acolhimento Institucional Residência Inclusiva, espaço da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), destinada a jovens e adultos com deficiência e em situação de dependência, que não disponham de condições de autossustentabilidade ou de apoio familiar. O novo espaço é totalmente adaptado e conta com equipe multidisciplinar do Município para fornecer todo o atendimento necessário aos acolhidos.

“Quero que, ao final de nossa gestão como prefeito, São Luís seja uma cidade mais humana. Por isso, vamos investir cada vez mais no cuidado com as pessoas em todos os âmbitos. Reestruturar nossa rede de assistência social é fundamental para isto. Por isso, hoje estamos entregando a nova sede da Residência Inclusiva, que agora conta com um espaço mais amplo, mais confortável, totalmente adaptado para que os nossos acolhidos sintam-se, de fato, em casa. Além disso, temos toda equipe técnica multidisciplinar para prestar toda a assistência necessária para garantir seu bem estar e qualidade de vida”, assegurou o prefeito Eduardo Braide, acompanhado da primeira-dama, Graziela Braide.

A vice-prefeita Esmênia Miranda destacou que a nova sede vai garantir acolhimento humanizado. “O espaço passou por toda a requalificação necessária para ficar mais confortável e funcional para que todas as pessoas que sejam acolhidas aqui possam desenvolver de forma segura as suas atividades, suas terapias e possam ter mais qualidade de vida”, afirmou.

A nova sede fica localizada no bairro Olho d’Água e conta com área de convivência interna e externa, terraço, sala de estar, quatro suítes, cozinha, refeitório, banheiro social e área de banho. Todas as dependências são adaptadas para garantir acessibilidade e dar o máximo de independência aos acolhidos. As readequações na estrutura física da casa onde a unidade foi implantada foram feitas pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

Estrutura

A Unidade de Acolhimento Institucional Residência Inclusiva conta com uma área total de 2 mil metros quadrados, sendo 330 metros quadrados de área construída, com rampas e acessos adequados à circulação dos acolhidos. Em comparação à antiga sede o novo espaço se destaca por dispor de uma ampla área livre, que permite a realização de atividades recreativas, fisioterápicas e de lazer, contribuindo assim, para a melhoria da qualidade de vida dos acolhidos.

Entre outras melhorias estruturais estão a maior quantidade de banheiros, todos com adequação para pessoas com deficiência; setor administrativo independente com ar-condicionado; ampliação do almoxarifado, cozinha, refeitório e área de medicação; espaço adequado para a implantação da hortoterapia, além de outros.

A Unidade de Acolhimento Institucional Residência Inclusiva presta atendimento de forma ininterrupta (24h), conta com cuidadores 24h e equipe multidisciplinar formada por psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, além de cozinheiros e zeladoria.

A secretária Municipal da Criança e Assistência Social, Rosângela Bertoldo, afirmou que uma das principais preocupações da gestão do prefeito Eduardo Braide é garantir uma rede de assistência social qualificada. “O prefeito Eduardo Braide tem investido na melhoria da estrutura física da rede de assistência social, na qualificação das equipes técnicas e em políticas que garantam a reinserção social e familiar de todos os abrigados nas nossas unidades de acolhimento. Aqui na nova sede da Residência Inclusiva, eles terão um espaço mais confortável e com melhores condições para as suas atividades diárias”, disse.

O defensor público da Saúde do Idoso e da Pessoa com Deficiência, Vinicius Goulart, acompanhou a entrega e ressaltou os esforços da gestão municipal em melhorar suas políticas de assistência. “Percebemos o esforço da Prefeitura de São Luís de prover melhorias em toda a sua rede de assistência social tanto para a rede de proteção da pessoa idosa, das pessoas com deficiência e demais grupos vulneráveis. Este é um espaço que realmente garante acessibilidade a todos os residentes da casa”, informou.

Residência Inclusiva

A Residência Inclusiva é uma unidade que oferta Serviço de Acolhimento Institucional, no âmbito da Proteção Social Especial de Alta Complexidade do Sistema Único de Assistência Social (Suas) para jovens e adultos com deficiência, em situação de dependência, que não disponham de condições de autossustentabilidade ou de retaguarda familiar, em sintonia com a Tipificação Nacional dos Serviços Socioassistenciais.

De acordo com a tipificação, a unidade tem a capacidade de receber até 10 jovens e adultos com deficiência ou em situação de dependência. Atualmente, a residência tem nove acolhidos. Entre eles, Michele Rodrigues Costa, 30 anos, que vive na unidade de acolhimento há 3 anos. “Gostei muito do novo espaço porque ele é totalmente adaptado e é muito melhor para a nossa locomoção. Eu consigo me locomover por todos os espaços, incluindo o jardim, que é lindo. E a gente ainda tem a brisa que vem do mar”, comentou.

Também participaram da entrega da nova sede da Unidade de Acolhimento Institucional Residência Inclusiva, os vereadores Ribeiro Neto (PMN) e Karla Sarney (PSD); além dos secretários municipais de Obras e Serviços Públicos, David Col Debella; e do Meio Ambiente, Karla Lima.

Deixe uma resposta