Blog do ligeiro

Prefeito Eduardo Braide assina ordem de serviço para requalificação da Rua do Giz, no Centro Histórico

 

A semana iniciou com mais uma importante ação para o Centro Histórico de São Luís. O prefeito Eduardo Braide assinou ordem de serviço para a primeira etapa da requalificação da Rua do Giz. Eleita uma das seis ruas mais bonitas do Brasil pela revista Casa Vogue, a via vai passar por uma série de intervenções para melhorar seu aspecto urbanístico. O serviço, programado para ser concluído em 30 dias, faz parte do conjunto de ações que será entregue nas comemorações de aniversário da cidade, em setembro.

“A Rua do Giz foi considerada uma das seis mais bonitas do Brasil. Para ressaltar ainda mais esta beleza, estamos iniciando hoje uma série de intervenções na escadaria, na fachada de casarões, no pavimento, entre outras melhorias. Esta é a primeira etapa deste importante trabalho que vai deixar este nosso cartão-postal ainda mais atrativo para turistas e com melhores condições para quem mora e trabalha na Rua da Giz”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

A vice-prefeita, Esmênia Miranda, afirmou que a requalificação da Rua do Giz vai contribuir para impulsionar o turismo e a economia local. “Um dos critérios da Unesco para São Luís permaneça com seu título de Patrimônio Cultural Mundial é que o nosso Centro Histórico seja preservado e tenha vida. A requalificação da Rua do Giz vai incentivar o turismo e o comércio da região, garantindo renda para quem mora e trabalha no Centro e isso é fundamental para fazer de São Luís uma cidade mais humana”, disse.

Serviços

A Rua do Giz receberá intervenções nas fachadas de 13 imóveis, que serão restauradas; reforma e limpeza das escadarias; recomposição da pavimentação e nova iluminação pública em LED, que é mais eficiente e econômica. Estes serviços visam potencializar as características históricas e a valorização da área, promovendo mais qualidade de vida para a população que reside na região e estímulo ao turismo e comércio local.

No total, R$ 462.383,32 estão sendo investidos na obra, que será executada pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh). “A requalificação que foi iniciada é um importante presente para a nossa cidade, dando ainda mais beleza ao nosso Centro Histórico, trazendo mais vida para a Rua do Giz e resolvendo antigos problemas urbanísticos da via. As intervenções serão concluídas em 30 dias e logo a população poderá curtir a rua ainda mais bonita”, informou Bruno Costa, titular da pasta.

O projeto de requalificação da Rua do Giz foi elaborado pela Fundação Municipal do Patrimônio Histórico (Fumph). “A Rua do Giz é um ícone da nossa arquitetura colonial. As intervenções que serão feitas vão garantir a valorização das suas características originais e para que este patrimônio perdure por muitos e muitos anos. O prefeito Eduardo Braide está dando um importante presente para a nossa cidade às vésperas do Dia Nacional do Patrimônio Cultural, que é comemorado este mês”, comentou a presidente do órgão, Kátia Bogéa.

A requalificação conta, também, com serviços da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp), do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur) e apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

 

Uma das seis ruas mais bonitas do país

A Rua do Giz foi eleita uma das seis ruas mais bonitas do país. O título foi concedido pela revista Casa Vogue, especializada em arquitetura e decoração. O local é uma das representações mais emblemáticas da história da construção da capital maranhense e abriga um conjunto arquitetônico secular. Nas paredes, estão traços da colonização portuguesa nos azulejos e na escadaria de cantaria com 32 degraus. Toda a beleza e charme da Rua do Giz a transformou em um dos pontos turísticos mais famosos de São Luís.

 

Moradia nos casarões

O prefeito Eduardo Braide também visitou as obras de restauração e requalificação dos imóveis situados na Rua do Giz, nº 445, onde estão sendo construídos oito apartamentos destinados à habitação social. Cada apartamento conta com sala, dois quartos, banheiro e cozinha. Os imóveis serão sorteados pela Prefeitura de São Luís, por meio da Semurh, às pessoas inscritas no Cadastro Habitacional de Interesse Social no Centro Histórico, vinculado ao Programa de Revitalização do Centro Histórico, promovido pela Fumph. Ao todo, serão sorteadas 22 moradias distribuídas em dois casarões localizados nas ruas do Giz e da Palma, no Centro Histórico de São Luís.

 

Investimentos no Centro Histórico

A requalificação da Rua do Giz e a recuperação dos casarões para habitação social fazem parte das ações da gestão Eduardo Braide para recuperar o Centro Histórico de São Luís, reconhecida como Patrimônio Cultural Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) em 1997, por ter conservado uma tradição cultural rica e diversificada, onde se destacam as edificações distribuídas pelo seu traçado de cidade colonial portuguesa do século XVIII.

Também está em execução o Programa Centro Acessível, que consiste na adaptação do Centro Histórico da capital às normas universais de acessibilidade. Entre os serviços que serão executados estão implantação de rotas acessíveis com a construção de rampas, travessias elevadas para pedestres, alargamento de passeios, implantação de mobiliário urbano (bancos, lixeiras, bicicletários etc.), reforma/construção de banheiros públicos acessíveis, sinalização vertical e horizontal, melhoria da iluminação pública, paisagismo e retirada de obstáculos.

Acompanharam o prefeito Eduardo Braide, os secretários municipais de Urbanismo e Habitação, Bruno Costa; Turismo, Saulo Santos; Comunicação, Joaquim Haickel; além do secretário-adjunto de Comunicação, Igor Almeida.

Deixe uma resposta