Blog do ligeiro

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior deve lançar ainda este ano três grandes concursos


Após a realização de dois seletivos ao longo de 2013, um na Saúde para o Socorrão I e outro na Educação, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) pretende realizar três grandes concursos públicos este ano. Os setores que devem ser contemplados são de Transporte, Educação e Saúde, além da realização para Controladoria e Procuradoria do Município, só que estes são bem menores no quesito oferta de vagas.

Edivaldo Holanda Júnior já assinou em dezembro a
autorização para o concurso de auditores da CGM

A prioridade do prefeito é a realização da abertura de vagas para agentes de trânsito, tanto que este é praticamente certeza ocorrer ainda no primeiro semestre. O última certame no setor ocorreu em 2007 e ofereceu 1298 vagas. Atualmente existe um grande déficit no setor e a cobertura e fiscalização tem de ser ampliada na cidade.

Na Educação, o último que ocorreu foi em 2009, porém o deficit ainda é alto, tanto que sucessivos processos seletivos vem sendo realizada pelas gestões municipais ao longo dos anos. Porém esta prática é feita apenas em acordo com o Tribunal Regional do Trabalho, que exige a realização de concurso para preenchimento de cargos públicos.

Já no setor da Saúde, desde 2006 não é realizado um concurso público e até hoje ainda existem processos na Justiça contra o resultado final deste e dos chamados para ocupar as vagas, uma vez que os aprovados acusam as gestões de Tadeu e João Castelo não respeitarem a ordem de classificação para convocação. Na época foram mais de 3 mil vagas, Edivaldo Holanda Júnior já mapeou os principais déficits e pretende anunciar um grande concurso para contratação, principalmente de médicos.

Edivaldo Holanda Júnior acerta em tomar por opção, a escolha por concursos, que preza pelo critério de meritocracia, além de buscar resolver problemas no déficit de atendimento de cada setor, os quais são cruciais para a cidade.

Em dezembro o prefeito já anunciou  o concurso para Controladoria Geral do Municipio, que oferecerá dez vagas de contratação imediata e mais dez para cadastro de reserva. A Procuradoria também deve ter número semelhante de vagas em um futuro concurso a ser lançado. Vale lembrar que tornar a ocupação de vagas na CGM e PGM, por meio de concurso público, demonstra a intenção de tornar órgãos estrategicamente importante para postura ilibada do município, independentes de qualquer dependência com o gestor municipal, uma vez que o critério por estar lá, será a meritocracia.

Deixe uma resposta