Blog do ligeiro

Pré-candidato Fábio Câmara vai processar Tágide France por calúnia e denunciação

O vereador Fábio Câmara (PMDB), pré-candidato a prefeito de São Luís Luís, acabada de registrar ocorrência contra a jornalista Tágide France, que diz ter sido agredida por ele na manhã desta quinta-feira (3), na sede da OAB, durante evento que contou com a presença do vice-presidente Michel Temer. A agressão teria sido motivada pelo fato de Câmara não ter sido relacionado para compor a mesa de honra. Tágide é assessora de imprensa do PMDB e estava na organização do evento.
No 5º DP do São Francisco, depois de registrar ocorrência contra a jornalista e de conversar com o delegado Almir Macedo, Fábio Câmara disse que não agrediu a jornalista. Apenas reclamou pelo fato de o nome dele não constar na lista de autoridades.
“Não teve agressão. O ônus da prova cabe a quem acusa. Ela vai ter vir aqui e fazer exame de corpo de delito. Ela falseou a verdade. Passei 1h40 na Delegacia da Mulher esperando por ela, já que disse que iria registrar ocorrência contra mim. Já que não apareceu, estou aqui para registrar ocorrência contra ela”, disse o vereador.
Câmara fez insinuações sobre o comportamento da jornalista suspeitando que ela deve estar motivada pro alguém e que isso deverá ser esclarecido. “Não é justo fazer isso com a minha história. Comecei no partido como zelador e hoje sou vereador e pré-candidato a prefeito. Eu respeito à democracia e as diferenças. Eu quero que ela venha aqui provar a agressão’, acrescentou.

Deixe uma resposta