Blog do ligeiro

Para Weverton, candidato precisa trabalhar “para ser merecedor do governo”

 


Senador do PDT disse que, após o ciclo de transição iniciado pelo governador Flávio Dino, a população está mais exigente e ganhará o voto do maranhense aquele que tiver visão mais propositiva
O senador Weverton Rocha (PDT) analisou no fim de semana a perspectiva do eleitor maranhense em relação aos futuros candidatos a governador do estado.
Em live com a participação do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, Weverton apontou que o eleitor se tornou mais exigente e vai cobrar mais de um candidato. “Quem tiver oportunidade vai ter que trabalhar para mostrar que é merecedor de continuar na vida pública’, disse o senador.
Principal candidato da base do governo Flávio Dino (PCdoB), Weverton avalia que o governador comunista fez no maranhão um governo de transição; e que o seu sucessor terá que ser mais propositivo.
Na conversa com Carlos Lupi, Weverton deixou claro sua aliança com Flávio Dino, e garantiu que, caso tenha a oportunidade de ser governador, seu desafio será continuar o trabalho de Dino.
“Se Deus um dia me permitir governar o meu estado, eu sei que o primeiro desafio é manter o que Flávio Dino começou”, afirmou
Com o nome à disposição desde as eleições de 2018, Weverton Rocha se fortaleceu nas eleições de 2020, com a eleição de aliados importantes nos principais municípios, como Imperatriz, Timon, Bacabal e Pinheiro.
Em São Luís, garantiu uma estratégica aliança com o prefeito Eduardo Braide (Podemos),l que deve evoluir para uma aliança eleitoral em 2022.
Com seus quase 2 milhões de votos nas eleições de 2018, o pedetista é o mais consolidado nome para a sucessão de Flávio Dino.

Deixe uma resposta