Blog do ligeiro

Osmar Filho determina novas restrições e suspende atividades presenciais na Câmara de São Luís

Com o objetivo de combater o aumento dos casos de covid-19 no estado, o presidente da Câmara de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), junto com os 30 vereadores decidiram pela suspensão das atividades presenciais do Parlamento a partir da próxima segunda-feira (08).
Osmar destacou a necessidade de intensificar as medidas e adotar procedimentos de segurança necessários.
“Cada vez mais os casos acometidos por essa enfermidade aumentam significativamente e nós enquanto representantes precisamos encontrar soluções e termos um olhar sensível para o que está acontecendo. Por isso, juntos decidimos por suspender as atividades da Casa, incluindo, atendimento e as sessões legislativas,  para conter o avanço exorbitante dessa doença”, ressaltou.
A deliberação foi anunciada após reunião com o colegiado de parlamentares que decidiram por ampliar os  protocolos de funcionamento do Legislativo ainda em vigor.
O presidente determinou a paralisação das atividades legislativas e administrativas até o dia 14 de março.
Equivalente a isso, os servidores irão trabalhar em formato de home office e as sessões ocorrerão integralmente de forma remota por meio do Sistema de Deliberação.
Vale destacar que enquanto o órgão permanecer fechado temporariamente as ações de sanitização e higienização serão efetuadas nas dependências internas de todos os setores, gabinetes, galeria popular e da imprensa; além de demais departamentos.
O gestor desde o ano passado quando foi decretada a pandemia do novo coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Parlamento Ludovicense tem estabelecido medidas sanitárias para evitar o aumento no índice de contágio da doença.
Rodízio de escala de trabalho dos servidores, sessões 100% virtuais e híbridas; disponibilização de totens de álcool em gel, medição de temperatura na entrada da instituição e outras ações foram efetivadas e adotadas pela gestão do pedetista.
Quanto às sessões ordinárias já é uma realidade o formato semipresencial e as tramitações das  proposições são feitas virtualmente por meio de sistema específico implantado pelo presidente.
Texto: Tamara Cristina
Foto: Leonardo Mendonça

 

Deixe uma resposta