Blog do ligeiro

No Dia Nacional da Saúde, Dr. Gutemberg lembra a importância de se valorizar a atenção básica

No Dia Nacional da Saúde, celebrado neste dia 5 de agosto, o médico e vereador Dr. Gutemberg Araújo (PSC) faz um alerta ao poder público, mostrando como a pandemia colocou em evidência a necessidade de se valorizar os serviços da saúde básica. O médico destaca que muitas pessoas morreram pela associação da Covid-19 com doenças crônicas, tais como: diabetes, obesidade e hipertensão.

“E como combatemos essas doenças crônicas, as comorbidades? Valorizando a atenção básica, que tem a saúde da família como estratégia prioritária. No momento em que aumentarem os recursos para a atenção básica (prevenção, diagnóstico e tratamento), vamos reduzir os atendimentos de média e alta complexidade”, analisa Dr. Gutemberg.

Segundo os últimos dados do Ministério da Saúde entre os casos fatais de Covid-19, cerca de 40% dos pacientes apresentavam cardiopatia (doenças do coração), e 30%, diabetes.

PROTEÇÃO AO SUS E AOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE
O Dia Nacional da Saúde é uma homenagem ao trabalho do médico sanitarista Oswaldo Cruz, um dos principais responsáveis pelas erradicações de perigosas epidemias no Brasil. E, agora que o mundo passa por uma pandemia, Dr. Gutemberg lembra o quanto se faz necessário, ainda mais, a valorização do Sistema Único de Saúde – o SUS e os profissionais da saúde.

“A pandemia reforçou ao poder público, o quanto é necessário rever, imediatamente, o financiamento do SUS, melhorar a gestão e reduzir desperdícios. Valorizar o SUS é valorizar a vida do cidadão brasileiro”, afirma.

Médico e professor universitário, Dr. Gutemberg é autor do livro os ‘Desafios na Gestão da Saúde Pública no Sistema Único de Saúde – SUS’, lançado no ano passado.

Para os profissionais da saúde, o parlamentar pontuou as Leis que elaborou na pandemia e até leis anteriores a crise sanitária, pedindo reajuste salarial para os servidores da saúde e de jornada de trabalho com 30 horas semanais para enfermeiros, técnicos e atendentes, além de condições de repouso para a classe.

“Na Câmara, já aprovamos a Lei nº 053/202 que concede o pagamento de 100% do adicional de insalubridade aos profissionais da saúde, enquanto durar a pandemia. Peço o cumprimento dessa Lei, assim com as outras Leis para beneficiar àqueles que estão na linha de frente dessa batalha contra o coronavírus”, solicita.

Dr. Gutemberg ainda pediu o cumprimento da Lei, também aprovada e publicada no Diário oficial, que concede pensão especial à dependentes de profissionais da saúde, servidores do quadro municipal, que morrerem em razão do combate à pandemia da Covid-19. A indenização é no valor de R$ 25 mil ao conjunto de dependentes

Deixe uma resposta