Blog do ligeiro

Maranhense Alim Maluf Neto é eleito presidente da FISU América

A Organização Pan-americana de Desportos Universitários (FISU América) tem um novo presidente. A entidade máxima das Américas no que diz respeito ao desporto universitário será comandada nos próximos quatro anos por um maranhense. E a missão de fortalecer o esporte universitário no continente americano está nas mãos de Alim Maluf Neto.
Desportista a anos, Alim Maluf Neto foi eleito para seu novo desafio esta semana, durante a Assembleia Geral da FISU América, encontro este realizado na cidade de São Paulo.
Ele, que possui uma vida ligada ao esporte, é reconhecido pelos excelentes trabalhos à frente de entidades importantes do Brasil e do mundo.
Além de Alim Maluf Neto, o novo comitê executivo da FISU América será formado pelos seguintes dirigentes: Julio Delgado Gedea (MEX), Emiliano Ojea (ARG), Sandy Rodriguez (VEN), secretário-geral; Junne Caddle (BAR), Eduardo Ramirez (PER), Luis Pelaez Sterling (DOM) e América Alvarado Diaz (HON). A entidade é composta por 32 países das Américas.
“Fico muito feliz e honrado em poder dar a minha contribuição de forma ainda mais efetiva ao desporto universitário. O desafio é imenso, mas tenho a certeza de que todos que fazem parte do novo comitê executivo estão prontos para superá-lo. A presidência da FISU América significa o reconhecimento do trabalho da CBDU (Confederação Brasileira do Desporto Universitário) nos últimos anos à frente do esporte universitário brasileiro e sul-americano”, destacou o novo presidente da entidade continental.
Outro fato importante é que, com a eleição a presidente, o dirigente maranhense toma assento também no Comitê Executivo da Federação Internacional de Esportes Universitários (FISU), entidade máxima do desporto mundial. A FISU é responsável pela organização dos Jogos Mundiais Universitários (Universíades de inverno e de verão) e de 34 campeonatos mundiais das mais diversas modalidades esportivas.
Aos 37 anos, Alim Maluf Neto assume a presidência da FISU América após ter feito um grande trabalho à frente da Confederação Sul-Americana de Desportos Universitários (Cosud) e da Comissão de Futsal da FISU desde 2011. Em 2013, o dirigente tornou-se vice-presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU). Estes cargos demonstraram a sua competência e a credibilidade do maranhense junto à comunidade esportiva universitária internacional.

Deixe uma resposta