Blog do ligeiro

Legado do empresário Ribamar Cunha é destacado por revista jurídica

O pioneirismo, a trajetória de sucesso e o legado do empresário José de Ribamar Cunha (falecido em fevereiro de 2014), foi um dos destaques durante o lançamento da Revista Juris, ocorrido na noite de ontem (18), no auditório da Unisulma. A publicação voltada aos meios jurídicos chegou a sua sexta edição e trouxe também uma homenagem à classe jurídica, educacional e empresarial de Imperatriz pelo 163º aniversário da cidade.
O evento, conduzido por Dimas Salustiano, presidente da Unisulma, reuniu estudantes de direito, advogados, empresários, administradores, entre outros, e contou com a presença de integrantes da Família Cunha, entre eles, os empresários Ribamar Cunha Filho, Wdson Cunha e Edson Cunha .
“Para nós da família esse reconhecimento da Revista Juris ao nosso pai é motivo de grande alegria. Porque é uma veiculação que retrata o pensamento dos juristas do Maranhão e essa homenagem demonstra que ele é uma memória importante para Imperatriz e toda região”, disse Ribinha Cunha.
O deputado estadual Léo Cunha (PSC), que cumpre agenda de trabalho na Assembléia Legislativa, encaminhou mensagem aos presentes, parabenizando os editores da revista pelo trabalho desenvolvido e agradeceu a homenagem prestada ao seu pai. “A divulgação de trabalhos com conteúdo voltado ao universo jurídico é fundamental para reforçar os conhecimentos de todos e nessa ocasião, agradeço pela alusão feita ao meu pai, um homem que contribuiu muito com o crescimento da cidade e do estado”, finalizou.
O lançamento da Revista Juris em Imperatriz foi coordenado pelo advogado Sérgio Tamer, um dos editores da publicação.
“Essa é uma revista voltada para a difusão das letras jurídicas do Maranhão e Imperatriz não poderia ficar de fora desse momento importante, onde estamos prestando um justo reconhecimento ao José de Ribamar Cunha por tudo que ele significou para essa região e também aproveitando essa ocasião para anunciar o curso de Mestrado que será ministrado dentre em breve na cidade”, destacou.
O advogado João Batista Ericeira, presidente da Associação Maranhense de Advogados (Amad), ressaltou as potencialidades de Imperatriz, a chegada do curso de Mestrado e falou sobre o legado do patriarca da Família Cunha.
“A cidade ainda comemora seu aniversário e dentre as homenagens que aqui prestamos, falar de Ribamar Cunha é algo de enorme relevância pelo seu pioneirismo e trajetória. Além disso, esse é um momento histórico para Imperatriz, porque estamos anunciando o curso de mestrado para a região, uma nova oportunidade de nossos advogados se qualificarem”, lembrou.
A Revista Juris é uma publicação promovida pelo Centro de Estudos Constitucionais e de Gestão Pública (CECGP), da Associação Maranhense de Advogados, Academia Maranhense de Letras Jurídicas e participação da Câmara de Mediação, Conciliação e Arbitragem.

Deixe uma resposta