Blog do ligeiro

Juiz recua, admite equívoco e diz que população pode ouvir música dentro de casa no carnaval

Após uma forte e negativa repercussão nas redes sociais e grupos de mensagem, o juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, recuou e admitiu que se equivocou ao afirmar nesta sexta-feira, durante entrevista à TV Mirante, que os maranhenses não poderiam ouvir música dentro das suas residência no período de carnaval.

Ao Blog O Informante, o magistrado disse que quis se referir ao fato das pessoas ouvirem som na porta de suas casas.

“Claro que pode ouvir música dentro de casa, à vontade, sem problema nenhum. Problema é que a tensão de muitos questionamentos sobre a possibilidade de aglomeração dá a impressão, fica a sensação de que as pessoas estão tentando encontrar argumentos para poder aglomerar. Agora, revendo a entrevista, realmente pelo que falei ficou a impressão de que as pessoas não podiam ouvir música dentro de casa. Eu não deveria ter falado dentro, deveria ter dito nem que seja na porta de casa. Dentro de casa não tem como impedir aglomeração. A pessoa vai estar em sua casa, com a família. Se puser um som dentro de casa, não vai nenhuma autoridade invadir a casa”, afirmou.

Deixe uma resposta