Blog do ligeiro

Ivaldo Rodrigues é o vereador que tem maior atuação no setor cultural e de eventos em São Luís

Na noite desta segunda-feira (26), o vereador, Ivaldo Rodrigues (PDT), esteve realizando roda de conversa democrática e dinâmica, com diversos representantes da classe artística musical de São Luís. O diálogo com os agentes culturais é uma constante na rotina do parlamentar, que sempre busca beneficiar a todos, sem distinção.

Criador da Feirinha São Luís, Ivaldo Rodrigues é o vereador com maior número de ações concretas que incentivam aos grupos culturais, artísticos, musicais, e folclóricos, além de lutar sempre pela causa dos realizadores de eventos como shows, festas e buffets da cidade.

Com a criação e realização da Feirinha São Luís, entre 2017 e 2020, Ivaldo levou ao palco montado na Praça Benedito Leite mais de 830 apresentações, diversos grupos novos puderam se apresentar pela primeira vez para um grande público e ganhar notoriedade, alavancando suas carreiras; os veteranos aprovam a iniciativa e estão sempre em busca de um espaço na agenda para poder levar diversão aos frequentadores do evento.

Em 2009 Ivaldo Rodrigues criou uma emenda à Lei Municipal nº 200 de 24/09/2009 alterou o horário de funcionamento de estabelecimentos comerciais e festas em São Luís. Agora, festas ao ar livre podem funcionar até às 4h, desde que tenham autorização especial para isto.

Na Lei Municipal são listados 11 tipos de estabelecimentos e ou eventos festivos. Com seus respectivos horários máximos de funcionamento, desde que sejam boates ou casas de show com isolamento acústico. No caso de festas de Réveillon, dia 31 de dezembro, o horário é livre, mas sujeito à autorização das autoridades competentes. A emenda de autoria do vereador Ivaldo Rodrigues altera o horário de funcionamento para as brincadeiras de bumba meu boi e festas ao ar livre.

Após o Lockdown que aconteceu em São Luís, na pandemia causada pelo Coronavírus, o parlamentar buscou soluções junto aos proprietários de buffets e realizadores de evento em São Luís, para que houvessem formas de dar continuidade a eventos de forma responsável e respeitando as normas sanitárias. Tendo em vista que é um setor que movimenta financeiramente uma vasta cadeia de empreendedores e trabalhadores que dependem da realização de cada evento para sustentarem suas famílias.

Ivaldo tem ainda o Projeto de Lei que tramita na Câmara Municipal de São Luís, onde propõe que todos os grandes eventos realizados na capital sejam feitos por forma de Chamada Pública, garantindo a participação dos artistas e grupos locais, de forma indistinta e democrática, ampliando a inclusão de artistas e grupos menos conhecidos.

Deixe uma resposta