Blog do ligeiro

IFMA integra missão da Rede Federal à Finlândia

Helsinque-photo473-5Conhecer o sistema educacional finlandês, observar a relação das universidades com as empresas, prospectar parcerias e discutir os primeiros resultados do programa Professores para o Futuro são alguns dos objetivos da delegação brasileira que cumprirá agenda na Finlândia ao longo da próxima semana, de 21 a 25 de setembro. A missão técnica foi organizada pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e conta com a participação do reitor do Instituto Federal do Maranhão, Roberto Brandão, e da pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, Natilene Brito. “A participação do IFMA nesse processo é de suma importância para que possamos alcançar as metas institucionais de internacionalização da pesquisa”, afirmou.
A delegação é composta, ainda, por demais reitores da Rede, assessores de Relações Internacionais das instituições da Rede Federal e representante do Ministério da Educação (MEC), que visitarão universidades e empresas na capital finlandesa, Helsinque, e nas cidades de Hamelina, Tampere e Turku. A programação inclui debates, apresentação do sistema educacional brasileiro e participação em seminários.
O IFMA mantém atualmente convênios voltados ao desenvolvimento de projetos de pesquisa com 20 instituições no Canadá, Estados Unidos, Portugal, Inglaterra, França, Irlanda, Finlândia e Uruguai. As ações de intercâmbio científico internacional fazem parte de um planejamento mais abrangente, de tornar a instituição um centro de inovação reconhecido.
Professores para o futuro – Em 2014 e 2015, ao total, 62 docentes da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica selecionados nas duas primeiras etapas do programa Professores para o futuro realizaram intercâmbio de capacitação naquele país do norte europeu.
O professor Rubens Soeiro Gonçalves, do Departamento de Mecânica e Materiais do IFMA – Campus Monte Castelo, teve seu projeto em energia solar aprovado no Programa em 2014  e participou de capacitação em três universidades finlandesas.
A iniciativa da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) estimula a estruturação de projetos de desenvolvimento socioeconômico por meio de intercâmbio de professores da rede em universidades da área de ciências aplicadas na Finlândia.
Agenda – A comitiva do Brasil será recebida, na segunda, 21, por representantes dos reitores de universidades de Ciências Aplicadas da Finlândia, da Associação Finlandesa de Desenvolvimento do Ensino Técnico e Profissional, Centro de Mobilidade Internacional e Federação das Indústrias Finlandesas. No período da tarde, haverá um seminário intitulado “ Brasil- Finlândia – Excelência em Ensino e Pesquisa Aplicada”, que ocorrerá na Embaixada do Brasil em Helsinque. Na ocasião, o professor Belchior Rocha, presidente do Conif, fará uma apresentação da rede federal de educação. Em seguida será apresentado o programa de aprendizado de línguas, chamado   VET professores para o Futuro e ainda, a rede nobre de pesquisa em biomassa como cooperação entre Brasil e Finlândia.
Na terça-feira, a comitiva visitará a província de Hämeenlinna e, na Universidade de Ciências Aplicadas, haverá um workshop com professores dos institutos federais do Brasil e participação de alunos e professores finlandeses.
A programação de visita também inclui visita a empresas que atuam em parceria com as universidades finlandesas. Os dirigentes vão conhecer, ainda, projetos de ensino profissionalizante para imigrantes, participarão de mesas-redondas e interagirão com projetos de pedagogia inovadora.

Deixe uma resposta