Blog do ligeiro

Dino descarta lockdown, mas determina suspensão do funcionamento de bares e restaurante na Grande Ilha

O governador Flávio Dino (PC do B) anunciou nesta sexta-feira (12), durante entrevista coletiva por vídeo conferência, novas medidas restritivas para conter o avanço do novo coronavírus no Maranhão.

O comunista descartou, neste momento, a decretação de lockdown (fechamento total das atividades não essenciais). Porém, informou que baixará novo decreto suspendendo, por um período de uma semana (de 15 a 21 deste mês), o funcionamento de bares e restaurantes localizados na Grande Ilha de São Luís – formada pela capital, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Alcântara – região que acumula crescente no número de casos de infectados.

De acordo com Dino, diante da nova restrição, dois novos auxílios emergenciais serão criados: um para atender artistas que se apresentam em estabelecimentos comerciais, com parcela única de R$ 600; e outro, com parcela única de R$ 1.000, para micro e pequenos empresários.

Artistas e comerciantes, para obter o benefício, deverão estar cadastrados nas Secretarias de Estado da Cultura e da Indústria e Comércio, respectivamente.

Segundo o governador, os valores serão pagos já na próxima semana.

Outras medidas restritivas contidas em decreto governamental anterior (reveja e reveja), como suspensão de festas e eventos de qualquer natureza e aulas presenciais nas redes pública e privada d ensino, continuarão tendo validade por mais uma semana.

Flávio Dino também informou que aumentou para 70% o índice de aplicação de doses da vacinas já recebidas que os municípios maranhenses terão que comprovar junto a Secretaria de Estado da Saúde para recebimento de novas doses.

O Maranhão, de acordo com ele, já recebeu 515 mil doses da vacina, tendo distribuído 338 mil, possuindo como aplicadas efetivamente 283 mil.

Ele relatou que, hoje, 212 cidades já superaram o patamar de 60%.

O comunista afirmou que o Consórcio Nacional de Governadores está se organizando para comprar doses da vacina russa Sputnik, que ainda aguarda regulamentação por parte da Anvisa.

O governador anunciou a abertura de novos leitos de UTI para tratamento da Covid – 54 em um prédio próximo a Maternidade Marly Sarney; 72 no HCI; 55 na cidade de Pedreiras; 26 em Caxias e 35 em Bacabal – além da abertura de mais um Hospital de Campanha, cuja região ainda será definida.

Deixe uma resposta