Blog do ligeiro

Deputados estão envolvidos em escândalo de agiotagem entre Câmara Municipal e Bradesco

 

 

O escândalo que vem tomando conta do noticiário de São Luís nos últimos
dias, cresce diariamente. Já se têm informações que vereadores e
empresários estão envolvidos no escândalo, porém o beneficiamento do
esquema pode atingir a Assembleia Legislativa, uma vez que existem
deputados estaduais ligados a distribuição de cheques.

Existe um forte trabalho de alguns vereadores para tentarem abafar o
caso, tanto que na segunda-feira (9), o presidente em exercício, Astro
de Ogum (PMN) convocou uma reunião de emergência e pediu para que os
parlamentares colaborassem para pôr fim as polêmicas. Tanto que em
acordo com alguns membros do legislativo, ficou certo que seria montada
uma comissão para investigar as relações financeiras com o banco
Bradesco.

No entanto tudo isso foi estrategicamente pensado, pois em março já
acaba o contrato do banco Bradesco com a Câmara Municipal de São Luís,
então a comissão montada seria uma forma de dar um “cala boca” e deixar o
assunto esfriar, uma vez que não seria feita nenhuma investigação de
fato.

O interessante é que essa orientação partiu dos próprios deputados
envolvidos no caso, uma vez que todos eles temem passarem por uma
vergonha nacional ao correrem o risco de ter seus nomes expostos, fora a
possibilidade de serem presos por crime de agiotagem.

A verdade é que existe um clima de pânico instalado nas casa
parlamentares, afinal em véspera de ano eleitoral, denúncias como estas
colocariam em risco qualquer plano de reeleição de deputados e ascensão
de alguns vereadores que pretendem disputar cargos eletivos em 2014.

Já existe até brigas entre os vereadores que comandavam o esquema. Um
começa a acusar o outro da culpa do esquema ter ganhado essas
proporções.

Deixe uma resposta