Blog do ligeiro

Deputado se retrata: “Me deixei levar pelo calor do momento”

DEPUTADO-FERNANDO-FURTADO.
O deputado estadual Fernando Furtado, do Partido Comunista do Brasil, se retratou nesta terça-feira pelas ofensas que havia feito contra índios da tribo Awá-Guajá e contra os homossexuais, no dia 4 de julho, durante audiência pública em São João do Caru, no interior do Maranhão. O PCdoB, partido em que o parlamentar é filiado, também repudiou a atitude do deputado.
Apesar de o caso ter mais de dois meses, a história veio à tona na última semana, após diversos jornalistas locais repercutirem as declarações preconceituosas. Em seguida, o caso ganhou dimensão nacional e passou a ser veiculado por diversos portais do país.
O parlamentar se usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão na sessão desta terça-feira (22), reconhecendo o erro e pedindo desculpas aos indígenas, aos homossexuais, ao PCdoB e ao povo maranhense. No discurso, Furtado diz que não teve a intenção de denegrir a imagem do povo indígena e que se deixou levar pelo calor do momento.

Deixe uma resposta