Blog do ligeiro

Delegado da PF que ouvirá Lula na Lava Jato é maranhense, formado na UFMA

Delegado Josélio Azevedo de Sousa, que obteve autorização do STF para ouvir Lula, é maranhense de São Luís

Delegado Josélio Sousa, autorizado pelo STF a ouvir Lula na Operação Lava Jato, é maranhense de São Luís
exclusivoO delegado da Policia Federal Josélio Azevedo de Sousa, que assina o pedido deferido ontem pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para que o ex-presidente Luiz Inácío Lula da Silva (PT) seja ouvido no inquérito da Operação Lava Jato, é maranhense de São Luís. Josélio, que é formado em Direito pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), integra a esquipe escalada pela PF para investigar a corrupção na Petrobras, trabalho que já resultou na prisão de empreiteiros, políticos, dirigentes partidários, lobistas, entre outros envolvidos.
Josélio profere palestra sobre Manual de Investigação de Desvio de Recursos Públicos

Josélio profere palestra sobre Manual de Investigação de Desvio de Recursos Públicos
Contemporâneo e amigo próximo do autor deste blog, Josélio, hoje com 38 anos (temos a mesma idade), foi criado no humilde bairro Santo Antônio, vizinho ao Anil e ao São Cristóvão. O pai foi, por muitos anos, funcionário da Alumar e sempre primou pelos estudos dos filhos. Josélio cursou a alfabetização e todo o ensino fundamental na Unidade Integrada Coronel Lara Ribas, antigo Sesi, no Santa Cruz, onde hoje funciona uma escola estadual.
Sempre foi um dos alunos mais aplicados da turma em todas as escolas onde estudou. Do Sesi, foi aprovado no seletivo para o antigo Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet), no Monte Castelo, hoje Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA). Já com aspirações acadêmicas, cursou o 2º grau (atual ensino médio) no tradicional Colégio José Maria do Amaral, e em meados da década de 90 foi aprovado para Direito na UFMA.
Trajetória na PF
Josélio Sousa foi aprovado em concurso para delegado da PF no início da década passada. Atuou inicialmente em Brasília e depois foi lotado em São Luís. Participou de diversas operações no interior do Maranhão e em 2006 foi nomeado chefe da Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários.
Trecho do documento em que o delegado Josélio Sousa pede ao Supremo para ouvir Lula

Trecho do documento em que o delegado Josélio Sousa pede ao Supremo para ouvir ex-presidente Lula
Anos depois, foi transferido para a PF de São Paulo, onde assumiu a chefia do Serviço de Repressão à Desvios de Recursos Públicos. O maranhense coordenou a equipe que elaborou o Manual de Investigação de Desvio de Recursos Públicos, distribuído a todas as superintendências da PF nos estados.
Fã de futebol e de música (Legião Urbana é sua banda predileta), Josélio é um sujeito de hábitos simples e tem um humor extraordinário.
Mas se tem algo que leva a sério é o trato com a coisa pública. Tanto que pediu para interrogar Lula, figura política mais expressiva e contraditória da nação. Os brasileiros agradecem.
Assista a trecho de entrevista em que o delegado Josélio Sousa fala sobre o Manual de Investigação de Desvio de Recursos Públicos, cuja elaboração coordenou:

Deixe uma resposta