Blog do ligeiro

Debate antecipado sobre sucessão 2022 favorece Carlos Brandão

Prognósticos e análises estão antecipando o debate sobre a disputa eleitoral de 2022. Enquetes e análises esquentam o tema, que começou atropelando até mesmo as previsões sobre a sucessão dos prefeitos municipais no ano que vem. Mesmo faltando ainda dois anos para as eleições ao governo do Estado, já é possível conhecer os eventuais pré-candidatos; entre eles, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), o senador Weverton Rocha (PDT) e o vice-governador Carlos Brandão (Republicanos).

De todos os pré-candidatos, até o momento, o único que não dispõe de agenda própria para atuação política direta é o vice-governador, apenas representando o governador Flávio Dino (PCdoB) em solenidades oficiais. O deputado e o senador estão presentes, diariamente na mídia maranhense, em razão de suas atividades parlamentares, que possibilitam o protagonismo necessário à busca pela preferência do eleitorado. Apesar de não acumular nenhuma outra secretaria e nem exercer atualmente nenhum mandato eletivo, Brandão vem aparecendo nas sondagens informais de blogs e outros meios como um dos pré-candidatos com maior densidade eleitoral.

O vice já declarou que o debate eleitoral não pode ser mais importante do que o trabalho pelo Maranhão. Apontado como um auxiliar direto da confiança do governador e por estar pavimentando o caminho para suceder Dino, Brandão prefere responder: “Estamos juntos, eu e Flávio Dino, pavimentando o caminho de um Maranhão melhor”. Até mesmo aos que começam a sugerir uma polarização entre o vice-governador e Weverton Rocha, Carlos Brandão aparece em vantagem, já que o senador é pré-candidato ao Governo desde que se elegeu ao Senado.

Deixe uma resposta