Blog do ligeiro

Capacitações do Pronatec do Senar mudam vida de produtores do baixo Parnaíba

Gestores da Federação de
Agricultura e Pecuária do Maranhão (Faema) e do Serviço Nacional de
Aprendizagem Rural, (Senar), visitaram variadas  experiências exitosas implantadas por
produtores rurais moradores em comunidades dos municípios de Santa Quitéria e
de Coelho Neto.
A ideia, foi conhecer
projetos  implantados a partir de
parcerias firmadas no ano passado, com  a
prefeitura de Santa Quitéria, Senar e o Pronatec, (Programa Nacional de Acesso
ao Ensino Médio e Emprego), a fim de alavancar a produção rural por meio da
capacitação do homem do campo, principalmente aqueles que trabalham com
olericultura e horticultura e que tem se destacado na região.
As capacitações
implementadas na região do baixo Parnaíba 
no período de 2014 a 2015, atingiram uma média de 500 produtores rurais
que hoje mantém uma média de cinquenta casos de sucesso, é que afirma o
secretário de agricultura de Santa Quitéria, Carlos Alberto Monteles. “Avalio
hoje a capacitação feita pelo Senar como a melhor possível”, disse ele.
Banana
Com experiência e entusiasmo
o produtor  José Correia, morador do
povoado Ladeira em Santa Quitéria,  investiu na plantação de banana, melancia e
feijão. Se capacitou por intermédio de cursos ofertados pelo programa Formação
Profissional Rural, FPR) do  Senar  e foi contemplado com o projeto Cultivo
Irrigado de Banana – cuja parceria envolve o Banco do Brasil, prefeitura local
e Senar.
Feliz, o produtor elogia a
iniciativa e conta que mantém renda fixa com a comercialização de seus produtos
que tem como carro chefe a banana prata, muito apreciada pelos paladares da
região. “Fiz cinco cursos que me ajudaram a melhorar a minha plantação”,
afirmou José Correia aos gestores da prefeitura e do sistema Faema/Senar.
Novo produtor
Mas, a novidade  não para por aqui. A iniciativa das
instituições  rendeu para Glenilson Costa
Silva  mudança total de vida. O novo
produtor rural migrou da profissão de pedreiro para avicultor e olericultor. Em
seu quintal, Glenilson tira agora rendimentos mensais para si, e para a sua
família que ultrapassam seus ganhos em atividades anteriores.
Diversas outras casos de
sucesso foram mostrados na ocasião. Com destaque para os projetos de
meliponicultura, piscicultura e avicultura que recebem atualmente  assistência técnica continuada da equipe de
profissionais da prefeitura local. Uma parceria de sucesso, segundo os gestores
do sistema Faema/Senar.
Assentamento
Já em Coelho Neto, o cursos
do Pronatec levados pelo Senar favoreceu um grupo de vinte moradores do  assentamento Guará que investiram  em uma área 
de cinquenta  metros quadrados. A
terra, cedida pelos dos próprios moradores, serviu para experimento de  cheiro-verde, couve, pepino, pimentão,
abobrinha  e alface. A parceria neste caso
foi firmada pela prefeitura de Coelho Neto e o Sindicato dos Trabalhadores  e Trabalhadoras Rurais daquele município.
“Foi uma oportunidade  única. Já debatíamos a necessidade  de  novas formas de alavancar a  nossa produção, e o Senar trouxe isso: diversos
cursos que atendem o nosso objetivo. Onde a gente possa trabalhar menos produzir
mais”, disse o produtor Herbert  dos
Santos Lima, satisfeito com os conhecimentos adquiridos na capacitação do
Senar.
O vice-presidente da Faema,
José Hilton Coelho de Sousa, destacou a oportunidade de capacitar
produtores  e de fortalecer parcerias com
associações, sindicatos, prefeituras, empresas e outras, onde o foco sempre
será a melhoria da qualidade de vida dos produtores rurais.
“Visitamos vários casos de
sucesso. Os produtores que vimos, todos foram capacitados pelo Senar com
assistência técnica continuada pela equipe da prefeitura. Podemos ver através
dos depoimentos dos produtores que antes dos cursos do Senar, faziam o trabalho
sem conhecimento e que agora estão colhendo frutos e melhorando a renda de suas
famílias”, disse o gestor.
O gerente técnico do Senar e
coordenador do Pronatec, Carlos Antônio Feitosa disse que o uma boa parceria
resulta em casos de sucesso que destacam não somente na região, mas em todo o
estado. Ele elogiou a equipe multiprofissional que assiste aos produtores
rurais e destacou a visão do prefeito em investir na produção agrícola.

“Aqui em Santa Quitéria nós
tivemos uma boa parceria com a secretaria de agricultura com o quadro técnico focado
no desenvolvimento do setor rural, tivemos um rendimento muito bom, tanto com
os cursos do Pronatec quanto com os cursos da Formação Profissional Rural,
(FPR)”, disse Feitosa, destacando os casos de sucesso com horticultura,
avicultura, apicultura  e suinocultura . “E,
isso nos deixa satisfeitos porque o que a gente quer mesmo,  é capacitar e ver resultados”.

Deixe uma resposta