Blog do ligeiro

Câmara aprova Leis do vereador Dr. Gutemberg que criam o Dia do Enfermeiro e Dia do Técnico e Auxiliar de Enfermagem

Dr. Gutemberg recebe homenagem do presidente do Conselho Regional de Enfermagem (Coren – MA), José Carlos Júnior.

 

Autor das 30 horas de trabalho semanais para os profissionais da Enfermagem, o vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, o médico e vereador Dr. Gutemberg (PSC), conseguiu mais uma conquista para a classe.

Foram aprovados na Casa Parlamentar, os dois Projetos de Lei do vereador, que criam no calendário municipal: o Dia do Enfermeiro e da Enfermeira (12 de maio) e o Dia do Técnico e Auxiliar de Enfermagem (20 de maio).

As duas datas têm como objetivo homenagear e dar reconhecimento aos profissionais da Enfermagem pela dedicação e o cuidado com o próximo. Os Projetos de Lei aguardam sanção do Poder Executivo.

“Os profissionais da saúde estão nessa intensa batalha contra a Covid-19, trabalhando sobre grande pressão e risco para cuidar da nossa saúde. Eles merecem todo o nosso respeito, admiração e destaque pelo amor, dedicação, empenho e bravura”, afirmou Dr. Gutemberg.

Vale lembrar que no dia 12 de maio comemora-se mundialmente o Dia do Enfermeiro, em referência a Florence Nightingale, um marco da enfermagem moderna no mundo.

Em São Luís, Dr. Gutemberg também criou várias leis em benefício dos profissionais da saúde e outras leis específicas para os profissionais da Enfermagem, tais como:

– 30 horas semanais de jornada de trabalho para a categoria (Lei nº 5.863/2014)

– Lei que prevê condições de repouso digno para a categoria (Lei n° 453/2017). A Lei institui que os hospitais de saúde pública, ofertem aos Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares de Enfermagem, as condições adequadas de repouso, durante todo o horário de trabalho.

–  Semana da Enfermagem (Lei n° 5.093/2009)

E como reconhecimento por abraçar a luta dos profissionais da enfermagem, neste ano, Dr. Gutemberg foi homenageado com o título de Vereador Amigo da Enfermagem. A homenagem foi realizada pelo presidente do Conselho Regional de Enfermagem (Coren – MA), José Carlos Júnior.

Deixe uma resposta