Blog do ligeiro

Bomba: Aliado de Eudes Sampaio investigado pela Polícia Federal acusado de oferecer R$ 250 por vídeos gravados contra Julinho

Uma funcionária da Prefeitura de São José de Ribamar, denunciou na Polícia Federal, a revelação de como pode estar acontecendo as gravações de supostas denúncias fakes contra o candidato Dr. Julinho (PL), que apesar de sofrer ataques diários de fakenews, segue liderando a disputa eleitoral em todas as pesquisas registradas e divulgadas até o momento.

De acordo com o documento da PF obtido com exclusividade pelo blog, no dia 02 de setembro, o sujeito conhecido como Fael, uma espécie de divulgador de redes sociais e carregador do prefeito Eudes Sampaio, teria oferecido a funcionária da prefeitura, a quantia de R$ 50 reais para aliciar moradores do município para participarem de do jogo sugo e realizar gravações atacando o candidato.

No documento, a denunciante afirma que a exigência é que o morador não seja simpatizante do candidato e que cada morador receberá R$ 250 reais para gravar vídeos atacando Dr. Julinho.

Revoltada com o jogo baixo da campanha, a funcionária da prefeitura resolveu denunciar o caso para a Polícia Federal.

A revelação explica porque na última semana, aliados do prefeito Eudes Sampaio (PTB), que tem reprovação de sua gestão por 68,2% dos ribamarenses, segundo pesquisa do Instituto DataIlha, passaram a espalhar vídeos fakes de moradores atacando o candidato.

Confira o documento da Polícia Federal.

Deixe uma resposta