Blog do ligeiro

Batista Matos destaca batalha contra câncer e trajetória em campanhas anteriores, durante discurso na Câmara de São Luís

Durante a sessão plenária da Câmara de São Luís, ocorrida na manhã da última quarta-feira (10.02), o vereador João Batista Matos fez seu primeiro discurso na tribuna do Parlamento Municipal. Na oportunidade, relembrou a trajetória em campanhas eleitorais, a luta contra um câncer e agradeceu a Deus, à sua família e aos seus 2.506 eleitores pelo apoio na conquista do mandato de vereador por São Luís.

“Nossa primeira campanha foi em 2004, onde tivemos 1.782 votos. Na eleição de 2008, obtivemos 2.999, deixando de nos eleger por 80 votos. Em 2012, conseguimos 4.369 votos. No pleito de 2016, foram 4.075 votos. Em 2019, descobri um câncer, mas Deus nos abençoou com a cura. Veio 2020 e tivemos 2.506 votos, votação que nos permitiu ser titular no mandato de vereador. E, em tudo isso, digo que fica claro a “Mão de Deus”, destacou João Batista.

No pronunciamento, o vereador também enfatizou que, independente de alianças políticas, o poder municipal e estadual precisam ser harmônicos e devem atuar de forma a priorizar o bem comum de todo cidadão ludovicense, por meio de parcerias. “Somos representantes legítimos do povo que nos elegeu. É preciso que todos somem esforços com a cidade, em favor de São Luís e que, acima de tudo, tenhamos a compreensão de que a nossa causa é a mesma causa do outro colega”, afirmou o vereador.

João Batista Matos ressaltou mais uma vez o sentimento de gratidão aos eleitores de São Luís, pessoas que mesmo em meio à pandemia saíram de casa para votar e eleger seus representantes. “Todos nós devemos ter o sentimento de gratidão para com esse eleitor que cumpriu seu papel como cidadão e nos elegeu para trabalhar pela nossa cidade”, ressaltou.

TODOS POR SÃO LUÍS
No discurso, o vereador também lembrou quando esteve na Câmara de São Luís, em 2014. Na ocasião, era suplente e exerceu o mandato por quatro meses, ocasião em que apresentou requerimento solicitando aos seis candidatos ao cargo de governador daquele ano que assinassem uma carta compromisso; se comprometendo, caso fosse eleito, a fazer parceria entre o Governo Estadual, a Prefeitura de São Luís e a Casa do Legislativo Municipal.

Tal proposta foi apresentada na época porque a então governadora Roseana Sarney mandou construir a Avenida Quarto Centenário sem que o projeto tramitasse pela Câmara, levando a proposta para aprovação apenas na Assembleia Legislativa, ato que foi considerado “deselegante”, pelos vereadores da época.

João Batista Matos utilizou esse fato para destacar a importância do Estado, Prefeitura e Casas Legislativas atuarem em parcerias nos projetos propostos para São Luís. “O trabalho por meio de parcerias resulta em benefícios para toda a população, em áreas como educação, saúde, esportes, segurança, infraestrutura e desenvolvimento. Em nosso mandato, o que mais temos enfatizado é a união, razão do slogan Todos Por São Luís”.

Deixe uma resposta