Blog do ligeiro

“Anajatuba se desenvolve sem corrupção”, diz prefeito Sidney Pereira

Na cidade de Anajatuba a população jã não aguentava mais as malversações de recursos públicos promovido pela organização criminosa (ORCRIM), que tinha como integrantes o ex-prefeito Helder Lopes Aragão (PMDB), empresários e laranjas.

Helder Aragão, que foi preso pela Polícia Federal na Operação Attalea, foi afastado do cargo e, quando o vice-prefeito assumiu o executivo, descobriu em auditoria um rombo nos cofres públicos de Anajatuba.
Hoje prefeito de Anajatuba, Sidney Pereira (PCdoB), trabalha diuturnamente para desenvolver a cidade com transparência e forte atuação em gestão púbica. “Anajatuba não tem mais organização criminosa. Antes tinha e agora se desenvolve sem corrupção”, disse o prefeito.
Um dos exemplos disso foi os investimentos feito no carnaval. No ano de 2013 e 2014 o ex-prefeito Helder Lopes Aragão montou um verdadeiro esquema para desviar recursos, conforme aponta relatório do Gaeco. Aragão teria superfaturado o carnaval da cidade junto a empresa controlada pelo empresário Fabiano Bezerra.
Já neste ano, o prefeito Sidney licitou de forma “transparente” através das Secretaria de Educação, Cultura, Desportos e Lazer. No entanto, a vencedora foi a empresa R. S. Lobato Filho, que realizou o evento por R$ 389.075,40 (trezentos e oitenta e nove mil, setenta e cinco reais e quarenta centavos).
E comparado a anos anteriores, os gastos foram menores, porém, a programação do carnaval 2016 foi repleto de atrações que levaram o público ao delírio, conforme mostra as imagem abaixo.

Deixe uma resposta