Blog do ligeiro

A ridicularização do sistema de Segurança do Maranhão


Parece uma piada, contando parece ser uma mentira, mas aconteceu neste fim de semana, algo que deve estar acontecendo de forma sistemática, um presidiário do sistema penitenciário do estado, saiu a noite para participar de uma confraternização, cobrar uma dívida e ainda tentar cometer novos crimes. O quão isso ridículo isso? O quão mostra a precariedade de todo um sistema de segurança que envolve Justiça e ainda Administração Penitenciária?
O fato que ocorreu neste fim de semana, só demonstra a fragilidade do poder público estadual e evidencia o alto poder de corrupção que existe nele. O menor dos culpados nesse caso é o Júnior Bolinha, pois esse só fez aquilo que já está intrínseco a sua personalidade, ofereceu propina aos responsáveis por vigiar sua cela e sua permanência na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos.

O Investigador da Polícia e Vigilante merecem como menor pena, o cumprimento de reclusão, pois esta ainda assim não seriam capazes de corrigir o ato corruptível que cometeram.

Porém não sejamos tolos ou ingênuos de querem responsabilizar apenas esses três envolvidos no caso, toda a cúpula governista responsável pela gestão da Segurança e Administração Penitenciária é responsável pelo ocorrido, pois é fato a falta de uma fiscalização e uma certeza de ausência de fiscalização para casos como este.

Vivemos o sentimento de não existir regras em nosso estado, quem comete crimes, possivelmente não terá uma punição exemplar, faz-se a espetaculização no momento da prisão e após isso deixam cair no esquecimento, para que os violadores da lei, aproveitem as benesses oferecidas pelo sistema prisional maranhense. Azar deles e sorte nossa, que alguns casos a mídia descobre e acaba expondo ao ridículo esse sistema mal administrado por um governo incompetente que não demonstrou nenhum esforço ao longo de quatro anos para combater a corrupção e a criminalidade neste estado.

Deixe uma resposta