Blog do ligeiro

Prefeitura realiza nova etapa da capacitação dos profissionais do transporte coletivo da capital

 

Com o objetivo de orientar motoristas e cobradores sobre o cumprimento da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) tem ampliado, significativamente, as ações de fiscalização dos ônibus coletivos que operam na capital. A ação também tem intensificado as atividades de sensibilização destes profissionais que atuam no sistema de transporte urbano da cidade.

Por meio do projeto “Atitude Educa”, desenvolvido pela Coordenação de Educação para o Trânsito (Coetran) da SMTT e em colaboração com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (Semeped), a gestão do prefeito Eduardo Braide tem buscado garantir o direito ao transporte com igualdade à pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida, eliminando obstáculos que possam interferir no deslocamento com autonomia desse grupo prioritário.

“A Prefeitura, conforme determinado pelo prefeito Eduardo Braide, tem executado ações efetivas na melhoria do transporte urbano da capital. Vale destacar que a SMTT já vistoriou, só no último mês, cerca de 110 ônibus, dando atenção maior para as plataformas elevatórias. Cerca de 20 coletivos apresentaram defeitos e foram retirados de circulação para que a empresa responsável faça os devidos reparos. E vamos manter os trabalhos educativos e as ações em campo diariamente em toda a cidade”, explicou o secretário da SMTT, Cláudio Ribeiro.

 

Capacitação

Além das fiscalizações, a Prefeitura também está investindo na capacitação dos profissionais que operam o transporte urbano de São Luís e lidam, diariamente, com os mais de 300 mil passageiros. Na última ação, foram capacitados mais de 200 motoristas e cobradores da empresa Primor. Esta semana, são mais 180 da Viação Estrela que, durante três dias, receberam orientações de técnicos do Município.

O segundo ciclo de treinamento, que está em andamento, conta com aulas teóricas sobre a realidade das pessoas que precisam de auxílio para embarcar e desembarcar nos transportes coletivos e, ainda, com a simulação de atendimento. “Com esta ação, almejamos oferecer uma abordagem mais humanizada à população que usa o transporte urbano na capital maranhense, principalmente para aquelas pessoas que precisam dessa atenção mais cuidadosa”, ressaltou Simone Ferreira, da Coordenação de Educação para o Trânsito da SMTT.

Para Raimundo José dos Santos, que atua há mais de três anos como motorista em São Luís, o treinamento serviu para reafirmar a importância da empatia e do respeito ao próximo. “Aqui estamos tendo a oportunidade de conhecer melhor a realidade vivida pelos passageiros do transporte coletivo da capital. Trabalho com a linha Rapidão, e por ser um serviço diferenciado, sempre tenho o cuidado de explicar aos passageiros qual a rota e em quais pontos eu paro. Dessa forma, sinto que estou fazendo a minha parte, colaborando para que as pessoas não passem do seu ponto de destino. Um cuidado que será mantido e redobrado depois desse treinamento ofertado pela SMTT, principalmente com as pessoas com deficiência”.

Deixe uma resposta