Blog do ligeiro

Senador Weverton Rocha e Osmar filho anunciam emendas parlamentares a Fundação Antonio Dino

Na manhã desta quinta-feira (15), o senador Weverton Rocha e o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho, visitaram a Fundação Antonio Dino.

Com emendas do recursos parlamentares do senador Weverton Rocha (PDT), a Fundação Antonio Dino adquiriu um sistema de vídeoendoscopia flexível, 36 venoscopios e lavadoras de endoscopia.

O presidente Osmar Filho destacou que é importante que o poder estejam unidos cada um dentro da sua função e atribuição para contribuir com o avanço do Estado do Maranhão, sobretudo na área da saúde.

“Como deputado federal, já fomos parceiros e vim fazer essa visita como senador para reafirmar essa parceria permanente, nós acreditamos que essa luta deles que já tem décadas, é uma luta da sociedade maranhense, de famílias invisíveis que quando infelizmente bate à porta esse mal que você não tem como prever e pode acontecer com qualquer família uma doença grave que é o câncer, só quem passa por isso ou ver algum amigo, algum ente passando sobre essa dor que é você ter que enfrentar uma doença terrível como essa, então aqui eles têm uma missão de vida” destacou o senador.

A Fundação Antonio Dino recebe o nome de um dos médicos que iniciou o combate ao câncer no Maranhão a frente do Hospital do Câncer Aldenora Bello durante quase 12 anos.

Tudo começou pelo hospital em 1964 com uma sala de Raio-X e uma sala de voluntárias coordenada pelo Dr Antonio Dino e a Sra Enide Dino, sua esposa, que assumiram a Liga Maranhense e a Rede Feminina de Combate ao Câncer, respectivamente.

Iniciaram campanhas de arrecadação de recursos para a construção de um pavilhão para abrigar uma Bomba de Cobalto, aparelho que realiza tratamentos de radioterapia contra o câncer.

Após inúmeras dificuldades, em março de 1976, a Bomba de Cobalto foi instalada.

Infelizmente, pouco tempo depois, o Dr Antonio Dino veio a falecer vítima de uma parada cardíaca no dia 18 de julho de 1976.

Foi então criada a Fundação Antonio Dino em 10 de dezembro de 1976 com o objetivo de manter o Hospital do Câncer Aldenora Bello em sua missão original de atender aos pobres e indigentes sem cobrar por seus serviços.

Uma entidade filantrópica que tem o trabalho voltado à população maranhense, portadora de câncer, em especial, à mais carente.

Deixe uma resposta