Blog do ligeiro

Secretário Rubens Pereira Júnior realizou vistorias nas obras das feiras da capital

O secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Pereira Júnior realizou, na manhã de sexta-feira (8), uma vistoria nas obras das feiras de São Luís. “É uma determinação do governador Flávio Dino em revitalizar os mercados e feiras da capital. São obras estruturantes e importantes para a população. Vamos dar continuidade, traçar soluções para avançar e garantir condições dignas de trabalho aos feirantes”, declarou o secretário.

A feira da Macaúba foi a primeira a ser visitada. O secretário, junto a técnicos e engenheiro da empresa responsável pela obra, vistoriaram estrutura metálica, instalações elétricas, telhado e sanitários; conversaram com os feirantes, ouviram sugestões e demandas dos mesmos com o objetivo de trabalhar para que sejam atendidas.

“A feira da Macaúba existe há 50 anos e é um anseio antigo dos comerciantes e da população por uma reforma, ficamos animados em saber da continuidade e término próximo das obras”,  disse o feirante Carlito Júnior, que trabalha há cinco anos com verduras e frutas.

O secretário Rubens Pereira Júnior destacou que, além de ser uma importante ação de saúde pública, este é um dos compromissos do governador Flávio Dino. “Toda ação que visa fomentar o emprego e geração de renda, sobretudo dos pequenos e médios comerciantes, é de grande valia nesse momento de estagnação econômica do nosso país.

O outro ponto visitado foi a feira do bairro de Fátima, uma das mais antigas de São Luís. Foi construída há 70 anos e possui 220 boxes. Acompanhado do gestor Luís Pinto, o secretário percorreu todo espaço, dialogou com vários comerciantes e garantiu retomada e conclusão das obras.

A feirante Maria do Carmo, que vende peixes, disse que a revitalização do novo espaço é muito importante para todos que trabalham e frequentam o local. Ela acredita no aumento da clientela, além de melhorar os aspectos relativos à higiene no local. “Essa reforma é aguardada por todos nós há mais de 60 anos e ficamos muito felizes ao ver que vai ficar tudo pronto. Em breve teremos um lugar mais adequado para trabalhar”, afirma.

 

Deixe uma resposta