segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Marcial Lima defende força tarefa das polícias e mobilização da classe política para combater roubos a bancos no Maranhão

Marcial Lima fará indicação com pedido de providência contra assaltos a bancos
O vereador Marcial Lima (PRTB) defendeu hoje, durante transmissão ao vivo, via Facebook, a montagem de uma força-tarefa dos órgão de segurança pública e a mobilização da classe política no combate a assaltos e outros tipos de ataques a agências bancárias no Maranhão. Ele lembrou que nos últimos 15 dias foram registrados cinco investidas criminosas contra instituições financeiras no interior do Maranhão três delas com alto grau de violência, em Arame (a mais recente), Humberto de Campos e Bacabal, inclusive com a morte de um inocente.
Marcial Lima, que prepara uma indicação com pedido de providência ao Governo do Estado contra os assaltos bancos, sugere a união de esforços das polícias Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e guardas municipais das cidades do interior para o melhor enfrentamento a esses crimes. “Deve ser um trabalho integrado e urgente”, recomendou, com a experiência de quem exerce mandato eletivo e já dedicou grande parte da carreira de jornalista e radialista à cobertura policial. “É preciso que retornem as barreiras policiais nos trechos onde foram desativadas para intimidar os bandido”, assinalou.
Quanto à mobilização da classe política, Marcial defende a união da classe política em torno da causa, com envolvimento das câmaras municipais, da Assembleia Legislativa e da bancada maranhense na Câmara Federal e no Senado, além do Governo do Estado e os 217 prefeitos.
O vereador alerta que os assaltantes que têm atacado agências bancárias no Maranhão integram uma perigosa facção criminosa que atua no Nordeste e nas demais regiões do Brasil. E citou a barbárie ocorrida no Ceará, na última sexta-feira (7), quando cinco pessoas feitas reféns e uma sexta pessoa inocente foram mortas pelos bandidos durante confronto com a polícia.
Sobre o último ataque, ocorrido em Arame, na noite de domingo (9), Marcial Lima chama atenção para os transtornos causados à população, como prejuízos ao comércio, aos usuários dos bancos . “É hora de deixar de lado o discurso de que está tudo bem e juntar forças para combater a criminalidade”, pregou.
Chuvas
Marcial também fez referência à ameaça provocada pela intensificação das chuvas na região norte do Maranhão, onde está localizada a capital, São Luís. O vereador disse que as chuvas dos últimos dias, que marcam o período de transição, sinalizaram grave perigo, sobretudo nas mais de 50 áreas de risco mapeadas na cidade pela Defesa Civil. Ele defende a adoção de medidas urgentes pela prefeitura para prevenir tragédias.
“É preciso que haja uma intervenção da Prefeitura de São Luís antes que a chuva chegue para valer, o que está previsto para janeiro, segundo a meteorologia. É fundamental, também, conscientizar a população quanto ao descarte adequado de lixo, de modo a impedir que os resíduos obstruam as galerias e provoque inundações”, enfatizou.
Assista ao vídeo: