BANNER

BANNER

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Lei de autoria do deputado Wellington que combate a corrupção é discutida em seminário

Wellington elaborou um plano de ação para combate à corrupção em todo Estado e fiscalização das finanças públicas
Ainda nesta semana, o deputado estadual Wellington do Curso realizou seminário na OAB que discutiu a Lei estadual n° 10.745/2017, de sua autoria, que instituiu a Semana de Combate à Corrupção no calendário oficial do Estado do Maranhão. Entre os palestrantes do seminário, estiveram presentes o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Caldas Furtado, o auditor fiscal da Controladoria Geral da União, Welliton Rezende, a procuradora de contas Flávia Gonzales, o promotor Lindonjonson Gonçalves, e o juiz de Direito, Marco Adriano.
Durante o evento, as autoridades destacaram ações de enfrentamento que os órgãos a que pertencem tem adotado para fiscalizar a aplicação de recursos públicos, bem como a necessidade de adoção de medidas para ampliar o combate a corrupção no Estado do Maranhão.
“Durante nossa atuação no TCE, elaboramos um plano de ação para combate à corrupção em todo Estado e fiscalização das finanças públicas. O Deputado Wellington teve papel fundamental na defesa da autonomia e do poder fiscalizatório do Tribunal de Contas em todo Maranhão”, destacou Caldas Furtado, presidente do Tribunal de Contas do Estado.
Wellinton Resende, Auditor da Controladoria Geral da União e vencedor do Prêmio Innovare, citou indicadores que refletem o o grau de corrupção que atinge o Estado.
“Cerca de 54% da população maranhense vive abaixo da linha da pobreza, mas isso não quer dizer que nosso Estado seja pobre, pois possuímos o décimo sétimo maior PIB do país. Diante disso, percebemos o reflexo da corrupção que atinge principalmente os mais pobres. É necessário que cada cidadão atue na fiscalização do poder público”, frisou o auditor.
“Combater a corrupção é combater a falta de merenda nas escolas, a desvalorização dos professores, a falta de infraestrutura na educação. Combater a corrupção é combater os hospitais lotados, sem medicamentos”, disse o juiz Marco Adriano.
“Combater a corrupção é lutar para que os recursos públicos sejam aplicados em benefício da população e não de políticos. Foi com esse objetivo que realizamos esse seminário que discutiu a lei 10.745/2017 que institui no calendário oficial do Estado a Semana Estadual de combate a corrupção. Na oportunidade contamos com a presença de autoridades que desenvolvem ações de fiscalização dos recursos público em todo Estado. Além disso, cobramos, denunciamos e traçamos metas para atuar como fiscais do poder público na aplicação do dinheiro público e efetivação de políticas públicas que diminuam as grandes desigualdades sociais em nosso Estado”, disse o deputado Wellington.

Nenhum comentário:

Postar um comentário