sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Stand de escritores maranhenses é um sucesso na feira do livro



A feira do livro, que está sendo realizada no Multicenter Sebrae, em São Luís, conta, neste ano,  com o stand dos escritores maranhenses. E, diga-se de passagem, está sendo um sucesso com o espaço ‘Ler e Conhecer’, um projeto de valorização dos escritores maranhenses.

Segundo a escritora Francinete Braga, o espaço é fundamental para divulgação das obras de dos escritores. “O sucesso se deve a participação das pessoas que prestigiam a feira a FELIS, este ano. Assim, esse espaço representa um mecanismo de integração dos escritores maranhenses com os seus leitores”, disse.

A idealizadora do “Projeto Ler e Conhecer escritores maranhenses”, Márcia Vieira, reforça que o projeto visa favorecer a divulgação das obras de escritores maranhenses, bem como, a aproximação com seu público de leitores. “O projeto vem para garantir a valorização dos escritores. Já temos onze escolas que acolheram o nosso projeto e temos certeza que depois da feira mais escolas farão a adesão. O que para nós, será uma grande conquista”, disse. Resumindo podemos afirmar que o projeto tem por objetivo principal incluir a literatura infantojuvenil de origem maranhense nas escolas.

SOBRE O PROJETO LER E CONHECER NA FELIS

Durante a 12ª Felis, o stand dos escritores maranhenses oferta uma programação intensa, a exemplo das oficinas de Leitura em Voz Alta, de Contação de histórias, de confecção de recursos pedagógicos; além de lançamento de livros, e da exposição permanente das obras dos autores maranhenses do projeto, a exemplo de Natinho Costa Fênix, Anizia Nascimento, Martha Reis, Francinete Braga Santos, Wilson Marques, Iramir Araújo, Victor Azulay,  Sharlene Serrae Beto Nicácio.

RELANÇAMENTO DAS AVENTURAS DE PEDRINHO

Destacamos especialmente o lançamento do livro “As aventuras de Pedrinho e de sua turma no Jardim dos Sonhos" na programação da 12ª FELIZ. Aproveitamos para convidar professores, estudantes e comunidade em geral para congregar com a autora da obra, Francinete Braga, além de conhecer melhor o Projeto Pedrinho, que acolhe crianças, ofertando o nosso personagem Pedrinho para a garotada da escola pública.