sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Lítero lança projeto para fomentar cultura de paz e superar diferenças entre imigrantes no Maranhão

Presidente do Lítero, Carlos Nina, reuniu-se com o imigrante Francesco Cerrato para lançar o projeto
O presidente do Lítero, Carlos Nina, reuniu-se com Francesco Cerrato, italiano, para dar início ao Projeto Convívio Intercultural, parte integrante do Projeto Fênix, lançado por Nina em agosto de 2016, quando da visita do Deputado português Carlos Páscoa Gonçalves ao Clube.
No início deste ano (12 de janeiro de 2018), em reunião com profissionais da mídia local, na sede do Clube, na Praça João Lisboa, em São Luís, Carlos Nina anunciou o lançamento do Projeto Convívio Intercultural.
Na mensagem do Informativo Lítero em Ação (edição de Janeiro/Abril 2018), “Em busca da paz”, o presidente do Lítero reafirmou “a criação de um espaço intercultural, onde as pessoas possam encontrar convergências para superar as diferenças que, no mundo, alimentam ódios, estimulam discórdia e fomentam violência.”
Finalmente no dia 23 deste mês (outubro de 2018), Nina reuniu-se com Francesco Cerrato, imigrante italiano, para dar início à efetivação do Projeto, para o qual já conta com o apoio do também imigrante italiano Mario Cella, de Najla Buhatem Maluf, descendente de libaneses, e de Abraão Freitas Valinhas Júnior, filho de português e Cônsul Honorário de Portugal em São Luís.
A reunião de Nina e Francesco Cerrato foi na sede da Câmara de Mediação e Arbitragem do Lítero (CMA), no Edifício Century Multiempresarial, marco inicial da implantação do Projeto.
Com os nomes desses primeiros apoiadores Nina e Cerrato constituíram a Comissão Organizadora do Projeto e esperam agora a adesão de outros imigrantes ou de descendentes para planejar as atividades do Convívio, que será voltada para o diálogo intercultural e a apresentação de manifestações que possibilitem aos participantes informações sobre as respectivas culturas.
Para Francesco Cerrato a iniciativa é oportuna, pois se contrapõe à onda de animosidade e violência que grassa pelo mundo e visa aproximar os imigrantes das diversas nacionalidades que buscaram o mesmo espaço para conviver com os brasileiros. É importante, portanto, que possam interagir para fortalecer o convívio saudável.
Na mensagem do Informativo Lítero em Ação, edição de julho/setembro de 2018, Nina anuncia que “convidará os imigrantes de todas as nacionalidades e seus descendentes, dispostos a participar de um diálogo permanente e trocar experiências de suas respectivas culturas, procurando identidades para superar as diferenças naturais da diversidade na migração.”
“Acreditamos que tal iniciativa estimulará e fortalecerá a convivência intercultural”, concluiu Nina.
Os interessados em participar devem contatar o Lítero, na sede do Clube, na Praça João Lisboa, ou no CMA, na sala 610 do Edifício Century, no Calhau.