terça-feira, 30 de outubro de 2018

Braide é convidado para filiar-se ao PSL de Bolsonaro

O deputado federal eleito Eduardo Braide foi convidado para deixar o PMN e filiar-se ao PSL, partido do próximo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.
A informação foi confirmada pelo vereador e presidente estadual da sigla, Chico Carvalho, em entrevista concedida ao programa Ponto e Vírgula, da Rádio Difusora FM, na noite de ontem.
Segundo deputado federal mais bem votado do Maranhão no último dia 07, tendo sido o primeiro na capital maranhense, onde obteve mais de 131 mil votos, Braide, em qualquer cenário que se avalie, é colocado como candidato com forte potencial para disputar o comando da prefeitura de São Luís, em 2020.
Ele preside o PMN e será obrigado a deixar a legenda ou fundi-la a outra sigla devido ao dispositivo da cláusula de barreira, que impõe penalidades, como o não recebimento de recursos partidários e fim do tempo no horário eleitoral gratuito, para 14 partidos que saíram das urnas sem atingir o percentual mínimo de votos.
Segundo colocado na eleição municipal de 2016, quando superou todas as expectativas e conseguiu migrar para o segundo turno, Braide, claro, trata o assunto de forma reservada, bem ao seu estilo.
E só deverá definir e anunciar o seu futuro partidário ano que vem, depois de avaliar detalhadamente todos os cenários políticos possíveis, inclusive o desempenho do governo Bolsonaro.