quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Ibope desfez ilusão comunista de reeleição fácil

Embora os números indiquem vantagem para Flávio Dino, grupo governista ataca Roseana e faz promessas mirabolantes na campanha, dando mostras de que ainda teme derrota na urnas

Flávio Dino está em vantagem, mas presença de Roseana na disputa ainda o preocupa
Mesmo que tenham recebido com certa empolgação o resultado da mais recente pesquisa do Ibope, o governador Flávio Dino (PCdoB) e seu grupo político nem de longe estão tranquilos quanto ao resultado das urnas, em 7 e outubro. Ciente de que não fez o governo que todos os maranhenses esperavam, o comunista que assumiu o poder em 2015 prometendo melhorar a vida do povo, principalmente dos mais pobres, amarga um balanço negativo em áreas cruciais, como saúde, saneamento, segurança pública e até mesmo a educação, conforme comprovou a último Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Por isso, os números, apesar de favoráveis, ainda o atormentam.
De acordo com a última sondagem eleitoral feita pelo Ibope, contratada pela TV Mirante, e registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) sob o protocolo MA-06667/2018, Flávio Dino e Roseana Sarney (MDB) continuam polarizando a disputa pelo Palácios dos Leões, ele com 49% das intenções de votos e ela com 32%. Os demais candidatos ao governo obtiveram as seguintes pontuações: Maura Jorge (PSL): 5%; Roberto Rocha (PSDB): 2%; Ramon Zapata (PSTU): 0%; e Odívio Neto (PSOL): 0%.
Números questionáveis
Se o resultado foi festejado por Dino e aliados, que parecem ter ignorado que até dias atrás tentavam, a qualquer custo, desacreditar o Ibope, no grupo de Roseana, há quem garanta que a realidade das ruas é bem diferente do que mostrou o maior instituto de pesquisas do país.
Um dos incrédulos é o ex-secretário de Saúde Ricardo Murad, que em vídeo propagado em redes sociais não só duvidou dos números amplamente favoráveis ao governador, como revelou que sondagens feitas para consumo interno apontam um cenário com disputa equilibrada entre o comunista e sua principal adversária. “Só assim Flávio Dino vai colocar o Ibope no Instagram dele. Mas eu quero dizer para vocês que essa pesquisa não reflete a realidade”, afirmou. “Nossas pesquisas internas continuam sem alteração. Roseana está chegando no calcanhar de Flávio Dino”, completou.
Embora o Ibope tenha posicionado Flávio Dino bem à frente de Roseana, inclusive com tendência de desfecho do pleito já no primeiro turno, é provável que o governador mantenha e até mesmo intensifique os ataques à rival na propaganda eleitoral, em seus atos de campanha, nas redes sociais e na mídia palaciana, paga com dinheiro público. Tal postura indica que nem os próprios comunistas acreditam ter aberto vantagem tão ampla e ainda temem a perda do poder.
Assista ao vídeo em que Ricardo contesta os números do Ibope