sábado, 11 de agosto de 2018

SEMAPA, Fundação Banco do Brasil, Instituto Florar e Uema assinam convênio que beneficiará duas (2) comunidades da zona rural de São Luís


O secretário de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEMAPA), Nonato Chocolate, participou nesta sexta (10), no Auditório da Escola Fazenda da Uema, da assinatura de convênio celebrado entre Fundação Banco do Brasil, Instituto  Florar, Uema e os representantes das comunidades Cabral Miranda e a Comunidade de Cassaco, ambas do bairro de Pedrinhas, que serão beneficiadas com uma Unidade de Referência de Produção Agroecológica.
Participaram da mesa para assinatura do convênio: o secretario de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Nonato Chocolate, representando o prefeito Edivaldo Holanda, o presidente do Instituto Florar,  Wilian Rodrigues Santos, o  representante da Fundação Banco do Brasil, Daniel Motello, e o pós-doutor Hamilton de Jesus Santos, professor do curso de Agronomia da Uema,  que proferiu uma palestra sobre desenvolvimento sustentável  agroecológico, com a finalidade explicar como vai funcionar o projeto de capacitação e depois convidou os presentes  no evento para uma visita técnica.
O projeto é de Inclusão Socioprodutiva e tem como objetivo a implantação de Unidades de Referência em Agroecologia que permita transição agroecológica de agricultores familiares, diversificação de culturas, segurança alimentar, e comercialização dos produtos obtidos. O projeto está orçado em 400.000,00 ( quatrocentos mil reais). O projeto tem também o objetivo de desenvolver interdisciplinares e continuados de capacitação sobre agroecologia e soberania alimentar e nutricional  com os eixos transversais de empoderamento comunitário e empoderamento  de mulheres e jovens. Os números por comunidades que participarão do projeto serão 45 distribuídos em 15 homens, 15 jovens e 15 mulheres por comunidades.