terça-feira, 24 de julho de 2018

Deputado Cabo Campos participa do IX Encontro das Comunidades Quilombolas do Maranhão


A convite da Associação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (ACONERUQ), o deputado Cabo Campos (PEN) participou, na última semana, do IX Encontro das Comunidades Quilombolas do Maranhão, no Centro Cultural José Sarney, em Pinheiro. Segundo o deputado, o evento promoveu a integração entre as comunidades quilombolas do Estado e foi uma oportunidade para traçar estratégias e construir leis que os assegurem direitos e, principalmente, a dignidade do povo negro maranhense.

Durante o encontro, o deputado Cabo Campos falou sobre a sua atuação em algumas comunidades quilombolas da Baixada e Litoral Ocidental Maranhense. “O nosso gabinete tem um trabalho amplamente reconhecido por boa parte das comunidades quilombolas da região, que é o projeto 'Escuta Quilombola’. Junto ao meu amigo Raimundo Aldo, líder da comunidade quilombola Santana dos Pretos, aqui em Pinheiro, nós estamos lutando incessantemente para resolver uma questão básica, porém essencial à vida de todos nós: o acesso a água. É inadmissível que os nossos quilombos sejam obrigados a conviver, até hoje, com essa triste realidade”, afirmou.
Na oportunidade, o deputado Cabo Campos destacou também parte das proposições aprovadas pela Assembleia Legislativa do Maranhão (ALEMA), em favor do povo negro do Estado. Entre elas, o projeto de lei nº237/2015, que institui o dia 17 de setembro como data comemorativa a Negro Cosme, e a promulgação da Resolução Administrativa nº 834/2015, que garante a reserva de 20% da vagas em concursos públicos do Legislativo Maranhense a negros. Campos caracterizou a primeira proposição como “uma justa homenagem ao grande líder da Balaiada e defensor ferrenho do fim da escravidão no Maranhão”.  Já a segunda, como “uma medida que oportuniza à população quilombola o acesso ao emprego público, contribuindo assim para a correção da deficitária presença de negros no funcionalismo estatal”.

Por fim, o parlamentar reiterou o seu compromisso com as comunidades quilombolas do Maranhão, conclamando as autoridades das diferentes esferas do poder a se unirem à luta do povo negro no Estado. “Conclamo as autoridades que têm o poder resolutivo (governos e prefeituras) a se irmanarem conosco e também fazerem a sua parte, atendendo as nossas demandas. Só assim conseguiremos fortalecer a Política de Igualdade Racial e construir um futuro digno para todo o nosso povo. A dívida é histórica e nós não vamos tolerar o retrocesso”, enfatizou o deputado Cabo Campos.