segunda-feira, 2 de abril de 2018

“Estarei nos palanques do Roberto e do Eduardo”, afirma Zé Reinaldo

Ex-governador confirmou que se filiará ao PSDB na quarta ou quinta-feira, em Brasília, e disse acreditar que Eduardo Braide permanecerá no PMN.
O deputado federal José Reinaldo Tavares confirmou ao editor do Blog do Glaucio Ericeira que ingressará no PSDB, partido pelo qual disputará o Senado Federal, nesta quarta-feira (04) ou quinta-feira (05), durante cerimônia que será realizada em Brasília.
O ex-governador, que concedeu entrevista ao programa Repórter Difusora Segunda Ediçãoda Rádio Difusora FM, nesta segunda-feira (02), dirimiu algumas dúvidas acerca da engenharia política que resultou na sua chegada ao ninho tucano.
No fim de semana, ao anunciar sua filiação ao PSDB (reveja), Zé Reinaldo informou que o partido no Maranhão oferecerá dois palanques ao governador de São Paulo e pré-candidato a Presidência da República, Geraldo Alckmin.
O primeiro ciceroneado pelo senador e candidato tucano ao governo do estado, Roberto Rocha.
O segundo sustentado pelo deputado estadual Eduardo Braide (PMN), cuja candidatura vem sendo defendida pelo ex-governador.
Questionado sobre em qual palanque estará, de fato, Zé Reinaldo cravou: “Estarei no palanque do Alckmin. Estarei no palanque dos dois [de Roberto e Eduardo]”.
O ex-governador voltou a afirmar que a sua filiação tratou-se de um convite feito pelo próprio Alckmin e que contou com o aval de Roberto Rocha.
Sobre a possibilidade do PSDB abdicar da candidatura própria para apoiar Eduardo Braide que, segundo o ex-governador, deverá permanecer no PMN, Zé Reinaldo disse este tipo de conjectura não está sendo tratada neste momento.
“As coligações só serão fechadas durante o período das convenções. Não estamos trabalhando, neste momento, com este tipo de conjectura. A candidatura do Roberto é legítima e o Braide se apresenta como uma terceira via que pode crescer muito”.
O ex-governador também elogiou a escolha do nome do deputado estadual Alexandre Almeida, que irá se filiar ao PSDB esta semana, como o seu companheiro de chapa senatorial.
“Trata-se de uma boa escolha feita pelo Roberto. É um deputado atuante e que representa uma região importante do estado. É um nome novo na política. Estaremos juntos”.