sexta-feira, 16 de março de 2018

Fiéis fazem louvação a Bom Jesus dos Navegantes neste final de semana



Neste sábado, (17), a partir das 19 horas, a irmandade do Senhor Bom Jesus dos Navegantes estará realizando a Procissão da Fugida, saindo da Igreja de Santo Antonio. Já no domingo, (18), haverá a celebração da Procissão do Encontro. Esse ato litúrgico terá a saída do santo da Catedral e a imagem de Nossa Senhora da Igreja de Santo Antonio.
O ponto alto será o encontro a ser realizado na Praça João Lisboa, onde os participantes da procissão entoarão canto de louvor a glória e o louvor de Deus, sendo o sermão do encontro a ser ministrado pelo padre Clemilton Moraes. Para a realização do evento a Irmandade do Senhor Bom Jesus dos Navegantes está convidando toda a população e aqueles que estiverem em visita a cidade.
INTRODUÇÃO E CAPELA
Convém lembrar que no Brasil, a celebração ao Senhor dos Navegantes foi introduzida em 1808 (Província da Bahia), pelos portugueses católicos, com a chegada da Família Real.
Em São Luís, o Senhor Bom Jesus dos Navegantes tem a sua capela localizada no Largo de Santo Antonio e é uma construção do século XVII, realizada pelo Jesuita Frei Cristovão de Lisboa. Este ao chegar a cidade encontrou em ruinas o Convento de São Francisco, obra dos capuchinhos franceses, que tiveram que abandonar, quando de sua expulsão.
Verificando a importância do convento, o referido jesuíta resolveu então edificar um novo, com o nome de convento de Santa Margarida e junto a este, reconstituiu também a capelinha onde celebravam seus ofícios. Depois da construção da Igreja de Santo Antonio, a primitiva capela foi doada à Irmandade do Senhor Bom Jesus dos Navegantes, que até hoje a mantém.
Além da sua importância arquitetônica, convém ressaltar que foi o público da mesma, que o grande Jesuita Padre Antonio Vieira, em 1654, proferiu seu célebre “Sermão aos Peixes”, o qual caracterizava através de parábolas os homens abastados da época. Esta igreja continua sendo espaço dos rituais religiosos das missas dominicais, e nela também são realizadas as tradicionais solenidades da Quaresma.