terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Fábio Câmara pode ser o principal puxador de votos da campanha Roseana em São Luís


Após representar o MDB em São Luís, após um bom tempo do partido sem representatividade no parlamento municipal, Fábio Câmara (MDB), buscou um voo mais alto e disputou a Prefeitura de São Luís. Apesar do resultado não ter sido satisfatório, o ex-vereador parece agora colher os frutos da sua militância e pode ser um trunfo da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), na disputa eleitoral dentro de São Luís.
De acordo com levantamentos internos, Fábio Câmara vem sendo posicionado como um dos preferidos do eleitorado ludovicense para a disputa de deputado estadual com percentuais bem elevados que superam e muito os seus votos alcançados em 2016.
A notícia pode trazer um novo ânimo ao MDB que vem montando uma chapa competitiva para a disputa de deputado estadual e federal, assim como planeja voltar ao comando do Palácio dos Leões.
Naturalmente a informação e os dados que já estão em mãos da classe política valorizam também Fábio Câmara que vive momento conturbado internamente no MDB, após declarações em favor de Weverton Rocha (PDT), adversário político.
Alguns apontam que Fábio Câmara já não faz mais parte do grupo Sarney, mas por outro lado o presidente do MDB, João Alberto, ao tomar conhecimento da informação a considerou como “excelente” e revelou a necessidade de conversar com o ex-vereador.
Vale lembrar que atualmente, Fábio Câmara é presidente do diretório municipal do MDB em São Luís e desde que chegou ao partido, ele vive desavenças políticas. Inicialmente teve atritos com Roberto Costa por fazer parte do grupo de Ricardo Murad, depois rompeu com o ex-secretário de Saúde e se viabilizou internamente para a disputa deputado estadual em 2014, quando obteve mais de 15 mil votos dentro de São Luís.
Fábio Câmara seguiu buscando a mostrar que tem posição e voz própria dentro do partido, assim como todo político deveria de ter, mas também é de grupo e pode ser o aliado ideal de Roseana Sarney na disputa estadual dentro da capital maranhense.