sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Assembleia e Câmara retomam atividades com bastidores políticos em efervescência

A Assembleia Legislativa do Maranhão e a Câmara Municipal de São Luís retomam, na segunda-feira (05), suas atividades.
E a expectativa é de que os bastidores políticos nas duas Casas entrem em efervescência devido a alguns temas que ainda precisam de resolução e, logicamente, devido a proximidade do pleito de outubro.
Na AL, que vem sendo muito bem conduzida pelo presidente Othelino Neto (PC do B), a eleição para o cargo de 4º vice-presidente irá movimentar as primeiras semanas.
São apontados como postulantes ao cargo os deputados Levi Pontes (PC do B), Paulo Neto (PSDC) e Cabo Campos (DEM).
No que se refere a eleição do segundo semestre, quatro parlamentares – Andréa Murad (MDB), Bira do Pindaré (PSB), Edilázio Júnior (PV) e Josemar de Maranhãozinho (PR) – já deixaram claro que pretendem disputar um mandato na Câmara Federal.
Este número pode subir, caso Eduardo Braide (PMN) desista do seu projeto de enfrentar o governador Flávio Dino (PC do B) nas urnas.
Porém, um outro tema deverá agitar consideravelmente a Casa neste início de ano.
Trata-se da eleição para nova Mesa Diretora, biênio 2019/2020, prevista para acontecer em abril.
Tramita na Casa, com previsão para ser votado após o período carnavalesco, projeto de resolução, de autoria do próprio Marquinhos, que visa alterar o regimento interno e, desta forma, permitir a reeleição de membros da atual Mesa Diretora.
O dispositivo, caso seja aprovado, beneficia diretamente o atual presidente Astro de Ogum (PR), que vem realizando uma administração consistente e elogiável.
No entanto, os vereadores Osmar Filho (PDT), Honorato Fernandes (PT) e Chico Carvalho (PSL) se movimentam no sentido de tentar fortalecer seus grupos visando viabilizar possíveis candidaturas ao comando da Casa.